Kobayashi admite que vaga na Sauber depende de apoio financeiro: "Tenho de achar patrocinadores"

Kamui Kobayashi admitiu nesta quinta-feira (25) que somente um forte apoio financeiro será capaz de mantê-lo na Sauber em 2013

Depois de ter dado a entender, por meio do Twitter, de que está fora da Sauber em 2013, Kamui Kobayashi disse nesta quinta-feira (25), véspera dos primeiros treinos livres para o GP da Índia, que está trabalhando duro para tentar garantir o financiamento necessário para ficar no time dirigido por Monisha Kaltenborn no próximo ano.

De acordo com a revista inglesa 'Autosport', a equipe suíça fez uma oferta ao japonês, durante o GP da Coreia do Sul, realizado há duas semanas, para permanecer no time em 2013, mas que a vaga está condicionada à obtenção de um patrocinador. Kobayashi, que terminou no pódio em Suzuka, admitiu que está ciente de suas chances e que um lugar no grid depende de um suporte financeiro.

Kobayashi admite que precisa de dinheiro para continuar na F1 em 2013 (Foto: Red Bull/Getty Images)

"Depois que eu voltei de Suzuka e da Coreia, só o que queria era comemorar, mas não há tempo para celebrações. Tenho de trabalhar para conseguir patrocinadores", disse Kamui aos jornalistas, na pista de Buddh, na Índia, onde a F1 corre neste final de semana. 

"Não é algo que queria fazer depois de Suzuka, mas a situação é essa. Normalmente, em uma equipe grande, isso não importa muito, porque eles possuem um orçamento grande também, mas para as menores o sistema é diferente. E isso é o que preciso entender", completou o piloto.

Kobayashi insistiu, entretanto, que seu principal objetivo no momento é focar na performance e tentar fazer a Sauber superar a Mercedes no Mundial de Construtores. "É difícil dizer, mas acho que podemos bater a Mercedes. Não sei o que é preciso fazer, mas até menos um ou dois pontos são importantes. No momento, é nisso que vou me concentrar", explicou.

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube