F1

Kubica afirma que Williams precisa ser realista em objetivos e “se concentrar em si mesma”

A primeira semana da Williams indica uma equipe enfraquecida em relação às rivais. E, por isso, Robert Kubica já pede que o time de Grove seja realista em relação ao que pode alcançar durante o ano

Grande Prêmio, de Barcelona / Redação GP, de São Paulo
Robert Kubica pegou gosto em dar 'bronca' na Williams: o piloto, que volta à F1 após nove anos, já disse que a primeira semana de testes em Barcelona foi desperdiçada; agora, afirmou que a equipe precisa se adequar à sua própria realidade. 

Para o polonês, a equipe que perdeu dois dias de treinos devido a um atraso do carro não pode pensar nos adversários se quiser mostrar algum tipo de evolução.
Robert Kubica (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)
"Parece que o resto do grid é muito forte, o que eu acredito que seja normal se observarmos a direção técnica que estão indo. Mas temos que nos concentrar em nós mesmos. Temos que ter um objetivo realista, e no momento ele é começar de forma tranquila a temporada", comentou.

"Quer dizer, isso não aconteceu, mas temos que seguir em frente e ter certeza de que, na primeira corrida, tenhamos um bom começo", seguiu.

Para Kubica, a Williams precisa de "dias positivos" para se animar: "Independentemente do desempenho, temos que ter certeza, antes de tudo, de que estamos fazendo nosso melhor e, aí, poderemos nos concentrar em nosso desempenho", finalizou.

GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ a pré-temporada da F1 em Barcelona com os repórteres Evelyn Guimarães, Vitor Fazio, Eric Calduch e o fotógrafo Xavi Bonilla. Acompanhe tudo aqui.