Kubica diz que formaria grande dupla com Alonso na Ferrari: “Mas vida foi um pouco diferente”

Após retornar às competições, Robert Kubica deixou a entender que seu caminho na F1 o levaria à Ferrari. O grave acidente que sofreu, porém, mudou tudo

Há tempos especulado para uma vaga na Ferrari, Robert Kubica pareceu confirmar os rumores de que o caminho que percorria na F1 realmente o levaria à escuderia italiana, “mas a vida foi um pouco diferente”.

Neste fim de semana, que marcou seu retorno ao automobilismo com a vitória no Rali Ronde Gomitolo di Lana, na Itália, Kubica deixou a entender, em entrevista à Sky Sports italiana, que tinha como destino a equipe sediada em Maranello: “Eu e Alonso formaríamos uma grande dupla na Ferrari”.

Kubica e Alonso sempre foram amigos no tempo em que dividiam as pistas na F1 (Foto: Ferrari)

Dono de uma vitória na F1, no GP do Canadá de 2008, pela BMW, Kubica se mudou para a Renault em 2010 e sofreu um grave acidente durante a pré-temporada de 2011, que o afastou da categoria. No fim de agosto, o piloto testou com um carro da Ford no WRC, segundo informações da imprensa europeia, que foram despistadas pela montadora.

O sonho de voltar à F1 não acabou. O piloto reconheceu que ainda há um longo caminho a percorrer, porém, afirmou ter a “esperança” de retornar em 2014, apesar de ainda não poder dar uma resposta definitiva.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube