Kubica fica surpreso com reclamação de Russell sobre fãs poloneses

George Russell disse receber mensagens de ódio de fãs poloneses, o que surpreendeu Robert Kubica. O veterano disse que os compatriotas são receptivos, mas ressaltou também que ler comentários em redes sociais é um erro por si só

Robert Kubica ficou surpreso quando viu George Russell relatar comentários em tom odioso de fãs poloneses nas redes sociais. O veterano acredita que os compatriotas estão dispostos a receber o jovem piloto de “braços abertos”, vide demonstrações de carinho no paddock da Fórmula 1.
 
“Não sei se ele cometeu um erro, mas eu vi a notícia e fiquei um pouco surpreso que ele tenha dito isso antes de um evento assim”, disse Kubica, fazendo referência ao Verva Street Racing, na Polônia. “Eu estive pessoalmente em um palco quando fãs poloneses começaram a gritar o nome dele, assim como gritaram o meu. Eles dão apoio de braços abertos”, seguiu.
 
O Verva Street Racing deveria contar com a presença dos dois pilotos da Williams. Kubica de fato apareceu, enquanto Russell esteve ausente. A informação oficial é de que o britânico ficou gripado.
Robert Kubica saiu em defesa dos fãs poloneses (Foto: Williams)

Kubica deixou também uma sugestão para Russell evitar mensagens de ódio: simplesmente deixar de ler o que os outros escrevem em redes sociais.

 
“Aparentemente o George [Russell] lê postagens nas redes sociais. Eu não faço isso, então não tenho esses problemas. Muitos anos atrás eu aprendi a não ler comentários dos outros. Eu faço meu trabalho e as pessoas têm direito a expressar opiniões, mas a F1 é tão complicada que fazer julgamentos assim não é fácil”, destacou.
 
Passado o drama das redes sociais, a dupla da Williams volta a focar nas pistas. A Fórmula 1 tem o GP da Bélgica já nesta semana, em 1º de setembro.

Paddockast #30
SHOW DO MILHÃO!

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar