Kubica indica incerteza sobre permanência na F1 em 2020, mas diz ter “planos”

Robert Kubica não teve muitas notícias para dar ao ser perguntado sobre o futuro da carreira. O polonês disse ter planos para a carreira na temporada 2020, mas pediu “paciência” antes de que algo seja decidido

Robert Kubica voltou ao grid da Fórmula 1 após quase uma década afastado, mas existe o risco de o retorno ser mais breve do que o desejado. De acordo com declarações do próprio polonês, é preciso ter paciência para ver se é possível seguir na Williams ou tomar outro rumo em 2020.
 
“Ainda não há detalhes”, disse o polonês durante o Verva Street Racing, realizado na Polônia neste fim de semana. “Tenho planos, mas nem tudo depende de mim. Vamos ver como as coisas vão andar. A situação é a mesma de todos os anos, é necessário ter paciência”, seguiu.
Robert Kubica (Foto: Williams)

A declaração de Kubica vem em meio a um dos períodos mais férteis para rumores na temporada. Agosto e setembro são os meses em que acordos costumam ser firmados para 2020, dando início à famigerada silly season. Ainda é muito cedo para prever quem pode formar dupla na Williams no próximo ano, apesar de George Russell permanecendo já parecer fato consumado.

 
Robert não foi tão competitivo quanto se esperava na primeira metade da temporada. O polonês ainda não superou Russell em treinos classificatório e só terminou duas corridas melhor posicionado. Em uma delas, entretanto, conseguiu feito marcante: o décimo lugar no GP da Alemanha rendeu o único ponto da Williams em 2019 até aqui. 
 
A segunda metade da temporada 2019 da F1 começa já nesta semana. O GP da Bélgica, em Spa-Francorchamps, está marcado para 1º de setembro.

Paddockast #30
SHOW DO MILHÃO!

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube