Norris crê que Leclerc deveria ter passado Verstappen após erro na relargada em Ímola

Lando Norris tinha visão privilegiada do momento em que Max Verstappen escapou da pista durante período de safety-car. Inglês defende que Charles Leclerc deveria ter atacado o holandês

Assista aos melhores momentos do GP da Emília-Romanha de F1 (Vídeo: GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Max Verstappen venceu o GP da Emília-Romanha no último domingo (18), mas passou por um momento de susto na relargada da corrida, realizada após a bandeira vermelha pelo acidente entre George Russell e Valtteri Bottas. O piloto perdeu o controle da Red Bull de forma momentânea e parou na grama, mas conseguiu retomar o posto da liderança.

O segundo colocado naquele momento, Charles Leclerc, optou por frear e esperar a recuperação de Verstappen, com o argumento de que o piloto não estava com as quatro rodas fora da pista. Lando Norris, que vinha em terceiro, discorda do monegasco e crê que tinha espaço para atacar.

“Eu tive uma grande visão do que aconteceu. É bem engraçado, acho que o Charles deveria ter ultrapassado, na minha opinião. Naquele estágio, Max estava sem controle e indo para esquerda. Charles só pisou no freio e parou. Em algum ponto ele teria de ultrapassar o Max, que estava de frente para a barreira de pneus em vez da curva”, declarou Norris em entrevista à revista Autosport.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!
WEB STORIES: Como foi o GP da Emília-Romanha de Fórmula 1

Lando Norris comemora terceiro lugar (Foto: AFP)

“Ao mesmo tempo, Max estava muito lento, então Charles poderia ter passado ali, não tenho certeza. Se eu fosse o segundo, teria passado, porque teria uma chance de vencer. É um risco que vale a pena”, completou.

Norris fechou a corrida no terceiro lugar, subindo ao pódio pela segunda vez na carreira. O inglês da McLaren também comentou sobre como conseguiu gerenciar os pneus para salvar o bom resultado em Ímola.

“Eu comecei a economizar pneus a partir da primeira volta da relargada, sabendo que as últimas voltas seriam duras. E foram, especialmente com Lewis no fim. Muito do foco nas últimas curvas era utilizar a bateria da melhor forma”, concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar