Norris enfatiza importância de falar sobre saúde mental: “Posso ajudar outras pessoas”

Lando Norris revelou que se sente melhor em relação aos problemas que teve com sua saúde mental e reiterou a importância de abordar publicamente o tema

A dramática última volta do GP de Abu Dhabi de F1 (Vídeo: TSN)

Recentemente, Lando Norris expôs como enfrentou dificuldades com sua saúde mental no início de sua carreira da Fórmula 1. O jovem piloto assumiu que teve dificuldade para lidar com a pressão do esporte. Lando, então, procurou ajuda profissional e garantiu que está hoje em uma condição muito melhor. Por isso, ele explica que abordar esse tema publicamente pode encorajar pessoas a também procurarem ajuda e, sobretudo, mostrar que elas não estão sozinhas.

“Em primeiro lugar, estou muito feliz em ver mais pessoas falando sobre isso e percebendo que isso só vai beneficiá-las e beneficiar outros”, disse Norris, em entrevista coletiva. “Então, eu não acho que haja nada de negativo em fazer isso. Isso só vai te ajudar a melhorar, e só vai ajudar, se você tiver muitos seguidores, se você tiver muitas pessoas te assistindo ou algo assim, sempre que você falar sobre isso, você só poderá ajudar outras pessoas que também estão lutando”, acrescentou.

“Então, estou muito feliz e orgulhoso de fazer parte desse grupo de pessoas que aceitaram isso e estão felizes e confiantes em falar sobre isso”, seguiu.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Lando Norris voltou a falar sobre saúde mental (Foto: McLaren)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Norris explica que a influência sobre seus seguidores nas redes sociais é muito importante. Vale lembrar que, inclusive, em 2021, o britânico de 22 anos foi considerado o segundo piloto mais popular da Fórmula 1, com 13,7% dos votos, em pesquisa global realizada pela categoria. Ele ficou à frente até mesmo de Lewis Hamilton, que foi o vencedor de votos em 2017. O líder foi Max Verstappen.

“Acho que uma das maiores coisas que me fez pensar que é uma coisa muito boa falar sobre isso são meus fãs, meus seguidores”, explicou. “Especialmente quando eu meio que sugeria isso, por exemplo, nas primeiras vezes, antes mesmo de falar sobre isso publicamente, alguns deles [estavam] dizendo o quanto isso os está ajudando e o impacto que posso ter sobre eles”, reiterou.

“E, com o tempo, percebendo que o impacto que posso causar nessas centenas de pessoas, milhares de pessoas ou o que for, é enorme. Então, quando comecei a receber mensagens minhas ajudando-os a se sentirem bem, ou amigos ou família ou o que seja, foi uma coisa incrível, ver o quanto você pode ajudar outras pessoas”, continuou Norris.

“Então, quanto mais eu via isso, mais eu percebia o impacto que posso ter, com o lugar que estou na Fórmula 1, na minha vida, com os seguidores que tenho e a base de fãs que tenho. Portanto, achei melhor falar sobre isso de forma pública e tentar ajudar o máximo de pessoas possível”, concluiu.

AS CINCO MELHORES VOLTAS DA F1 2021 QUE NÃO EXISTIRAM POR CULPA DE MICHAEL MASI
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar