F1

Leclerc admite “loucura” ao tentar volta da vaga ao Q3 e se rende a “trabalho incrível” de Ericsson

Charles Leclerc teve uma performance assustadora para se garantir no Q3 debaixo de chuva, mas admitiu que errou na fase final da classificação e não repetiu a performance de Marcus Ericsson
Warm Up / GABRIEL CURTY, de São Paulo
 Charles Leclerc (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
 
Charles Leclerc foi outro dos destaques deste sábado (10) na classificação do GP do Brasil. Apesar de ter sido superado pelo companheiro Marcus Ericsson, o monegasco foi o segundo melhor da F1 B e, principalmente, conseguiu uma grande volta no Q2, com chuva, para entrar no top-10 tirando Kevin Magnussen dali.
 
Apesar do grande desempenho e de ter sido um dos pilotos mais elogiados com o sétimo lugar no grid, Charles reconheceu que poderia ter feito uma volta ainda melhor. E se rendeu ao desempenho do companheiro Marcus Ericsson, que parte na sua frente.
 
"O Marcus fez um trabalho realmente incrível hoje e eu não consegui acompanhá-lo quando tive a chance real no Q3. Fiz minha primeira volta com pneus usados e foi uma volta realmente boa. Aí, quando tive o jogo novo, acabei cometendo um erro e não aproveitando a chance para melhorar", disse.
Charles Leclerc acertou uma volta mágica no Q2 (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Com um sorriso no rosto, o monegasco se animou ao falar do giro que o garantiu na fase final da classificação e admitiu que tinha poucas esperanças de que pudesse largar no top-10.
 
"As condições estavam mesmo bem complicadas, estava chovendo, não estava fácil de controlar o carro e eu errei já na primeira curva e tive de voltar aos boxes. Resolvi arriscar e voltar, a pista estava complicada, os pneus não estavam bons e chovia. Foi uma loucura, uma grande surpresa", completou ao GRANDE PRÊMIO.

GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ o GP do Brasil de F1 com os repórteres Evelyn Guimarães, Felipe Noronha, Fernando Silva, Gabriel Curty, Juliana Tesser, Nathalia De Vivo e Pedro Henrique Marum, e o fotógrafo Rodrigo Berton. Acompanhe tudo aqui.