F1

Leclerc confirma força da Ferrari e comanda terceiro treino livre na Alemanha

Charles Leclerc foi o grande nome de uma manhã nublada de sábado (27) em Hockenheim. O monegasco liderou praticamente todo o terceiro treino livre e marcou 1min12s380, o melhor tempo do fim de semana. Max Verstappen quebrou a série de dobradinhas da Ferrari, enquanto Sebastian Vettel foi o terceiro. Lewis Hamilton foi somente o sexto

Grande Prêmio / FERNANDO SILVA, de Sumaré
Mesmo com o clima bem mais ameno e 12ºC mais frio em termos de temperatura ambiente em Hockenheim, a Ferrari abriu o sábado (27) como terminou a sexta-feira do GP de Alemanha de Fórmula 1: na frente. Charles Leclerc deu as cartas em um terceiro treino livre marcado pela exclusão de vários tempos de volta pelos pilotos terem excedido os limites da pista, sobretudo na curva 17. O monegasco não teve problemas e marcou 1min12s380, o melhor tempo do fim de semana. 

Mas desta vez a Ferrari não completou dobradinha, como aconteceu nos dois treinos de sexta-feira. Max Verstappen quebrou a sequência da equipe italiana e colocou a Red Bull em segundo, 0s168 atrás do tempo de Leclerc. E Sebastian Vettel completou o top-3 nesta manhã. Valtteri Bottas foi o melhor dentre os carros da Mercedes, mas ficou na quarta posição, com tempo 0s510 atrás da Ferrari de Leclerc. Destaque para Kevin Magnussen, quinto colocado com a Haas. Só então apareceu Lewis Hamilton, em sexto.

Carlos Sainz colocou a McLaren na sétima posição, com Pierre Gasly surgindo em oitavo com o segundo carro da Red Bull. Kimi Räikkönen foi o nono, enquanto a outra Haas, com Romain Grosjean, completou o top-10. Já Daniel Ricciardo foi bem mal e fechou somente em 18º, à frente apenas das Williams de Robert Kubica e George Russell.
Charles Leclerc liderou o terceiro treino livre em Hockenheim (Foto: Ferrari)
O treino classificatório do GP da Alemanha acontece logo mais, a partir das 10h (horário de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e em TEMPO REAL. Siga tudo aqui.

Saiba como foi o terceiro treino livre do GP da Alemanha

Com Romain Grosjean puxando a fila, a F1 abriu o terceiro e último treino livre do GP da Alemanha em um sábado de céu nublado e com considerável chance de chuva. A Mercedes, em clima retrô pelas comemorações do aniversário de 125 anos de envolvimento no esporte a motor, teve seus mecânicos paramentados com roupas retrô. Mesmo os pilotos usaram algumas vestimentas vintage. Mas Lewis Hamilton reclamou das luvas retrô que a Mercedes lhe entregou e pediu outro par de luvas, mas as normais.

O primeiro tempo do dia só foi registrado com cerca de 11 minutos de treino, quando Daniel Ricciardo marcou 1min15s050, tempo que foi batido em seguida pela McLaren de Carlos Sainz, com 1min14s152. Mas não demorou muito para que Hamilton tomasse a liderança com a Mercedes. Com pneus macios, o pentacampeão cravou 1min13s767, uma marca ainda bastante alta naquele início de sessão. Tanto que a Ferrari assumiu a ponta com Charles Leclerc, 1min13s117, e Sebastian Vettel em segundo, os dois com os pneus macios.

O tempo de Leclerc nem de longe seria o definitivo. Na sequência do seu stint, o monegasco anotou 1min12s736. Vettel também melhorou sua volta, mas continuava bem atrás do companheiro de equipe: 0s568 de déficit. Uma das voltas rápidas do alemão foi deletada porque o piloto excedeu os limites da pista. A surpresa era a quarta colocação do anglo-tailandês Alexander Albon, que segundos depois foi superado pela Alfa Romeo de Kimi Räikkönen.
Kimi Räikkönen apareceu bem no início do terceiro treino (Foto: Alfa Romeo)
Uma cena que chamou a atenção foi o quase toque entre Romain Grosjean e Pierre Gasly, que dividiram lado a lado as últimas curvas do setor do estádio. O piloto da Red Bull teve de tirar o pé para evitar qualquer contato. Já o outro piloto da Haas, Kevin Magnussen, notou que o carro estava completamente diferente. E gostou do que viu e percebeu. Mas Guenther Steiner, chefe da equipe, confirmou que não houve nenhuma mudança no acerto e que o novo e melhor comportamento do carro pode ser resultado das temperaturas mais baixas.

Com meia hora de treino, Max Verstappen colocava a Red Bull em terceiro no treino, logo atrás dos carros da Ferrari e à frente de Hamilton. Räikkönen aparecia em quinto, seguido por Albon, Nico Hülkenberg, Lando Norris, Magnussen e Valtteri Bottas, apenas em décimo.

A modorrenta sessão caminhava para seu desfecho, mas ainda houve tempo para algumas voltas rápidas. E Leclerc mais uma vez mostrou a força da Ferrari neste fim de semana ao marcar 1min12s387, melhorando depois para 1min12s380. Vettel também fez outra volta rápida. O tetracampeão melhorou, anotou 1min12s644, mas ficou 0s257 atrás do monegasco. Em seguida, Bottas completou volta rápida, subiu para terceiro, mas ficou a 0s5 do tempo de Leclerc.

Parecia tudo certo para mais uma dobradinha da Ferrari no fim de semana. Mas Verstappen quebrou a sequência vermelha ao subir para segundo, ficando a 0s168 do tempo de Leclerc. Até que Hamilton fez mais uma tentativa de volta lançada, foi bem no primeiro setor, chegou a melhorar o tempo e subir para quarto, mas a direção de prova deletou seu tempo por ter excedido os limites da pista na saída da curva 17. Vettel também teve uma volta excluída no mesmo trecho. 

Hamilton ainda teve tempo para melhorar um pouco sua marca e subir na tabela, mas ficou apenas na sexta posição, atrás da surpresa deste fim de manhã, Kevin Magnussen, quinto com a Haas.

F1 2019, GP da Alemanha, Hockenheim, treino livre 3:

1 C LECLERC Ferrari 1:12.380   18
2 M VERSTAPPEN Red Bull Honda 1:12.548 +0.168 12
3 S VETTEL Ferrari 1:12.644 +0.264 18
4 V BOTTAS Mercedes 1:12.890 +0.510 24
5 K MAGNUSSEN Haas Ferrari 1:12.893 +0.513 13
6 L HAMILTON Mercedes 1:12.965 +0.585 22
7 C SAINZ JR McLaren Renault 1:13.300 +0.920 18
8 P GASLY Red Bull Honda 1:13.324 +0.944 17
9 K RÄIKKÖNEN Alfa Romeo Ferrari 1:13.351 +0.971 18
10 R GROSJEAN Haas Ferrari 1:13.378 +0.998 15
11 S PÉREZ Racing Point Mercedes 1:13.476 +1.096 15
12 N HÜLKENBERG Renault 1:13.496 +1.116 19
13 A ALBON Toro Rosso Honda 1:13.554 +1.174 24
14 L NORRIS McLaren Renault 1:13.556 +1.176 15
15 A GIOVINAZZI Alfa Romeo Ferrari 1:13.671 +1.291 16
16 L STROLL Racing Point Mercedes 1:13.672 +1.292 15
17 D KVYAT Toro Rosso Honda 1:13.767 +1.387 21
18 D RICCIARDO Renault 1:13.816 +1.436 20
19 R KUBICA Williams Mercedes 1:15.540 +3.160 20
20 G RUSSELL Williams Mercedes 1:15.824 +3.444 11
    Tempo 107% 1:17.447 +5.067  
           
REC S VETTEL Ferrari 1:11.212 21/07/2018  
MV K RÄIKKÖNEN McLaren Mercedes 1:13.780 25/07/2004  


Paddockast #26
Acidentes que alteraram carreiras


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.