Leclerc fecha na frente sexta-feira de treinos em Monza. Hamilton fica 0s06 atrás

A chuva chegou a dar o ar da graça nesta tarde em Monza, mas não impediu que Charles Leclerc liderasse novamente a tabela de tempos nesta sexta-feira (6). O monegasco foi o mais rápido do dia e comandou também o segundo treino livre, com Lewis Hamilton bem mais próximo, em segundo lugar

A sexta-feira (6) em Monza terminou do mesmo jeito que começou para Charles Leclerc. O jovem monegasco, grande nome do GP da Bélgica do último domingo em Spa-Francorchamps, repetiu a performance da manhã e foi novamente o mais rápido no segundo treino livre do GP da Itália de Fórmula 1, provando toda a força da Ferrari nos longos trechos de reta do 'templo da velocidade'. No entanto, Lewis Hamilton tratou de mostrar que a Mercedes segue no páreo e não pode ser descartada. O pentacampeão do mundo completou a sessão desta tarde em segundo, apenas 0s068 atrás do tempo de Leclerc.

Sebastian Vettel concluiu a tarde em terceiro, 0s201 atrás do seu companheiro de equipe. Valtteri Bottas apareceu em quarto com a segunda Mercedes, com o finlandês virando apenas 0s003 mais rápido em relação a Max Verstappen, quinto com a Red Bull. Alexander Albon completou a ordem das três equipes mais rápidas do grid ao finalizar em sexto. Destaque para Pierre Gasly, sétimo colocado com a Toro Rosso. Romain Grosjean, da Haas, Daniel Ricciardo, da Renault, e Daniil Kvyat, também da Toro Rosso, fecharam o top-10. A chuva chegou a dar as caras na sessão, mas de forma um tanto tímida, de modo que o treino não chegou a ser muito prejudicado. 

Charles Leclerc foi o grande nome da sexta-feira em Monza (Foto: AFP)

A F1 volta a acelerar em Monza neste sábado com o terceiro treino livre, a partir de 7h (horário de Brasília), enquanto a sessão classificatória que vai definir o grid de largada acontece às 10h. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

Saiba como foi o segundo treino livre do GP da Itália

A previsão do tempo era de 80% de chance de chuva para o segundo treino livre em Monza. Mas a sessão da tarde começou com pista seca. Só que a ameaça que vinha dos céus fez com que as equipes mandassem logo seus pilotos à pista, sem perder tempo. O primeiro a virar volta rápida foi Carlos Sainz, com a McLaren que foi um dos destaques do TL1. Com pneus médios, Valtteri Bottas chegou a liderar por alguns segundos o início do treino, mas Charles Leclerc tomou a ponta para a Ferrari, mas usando os compostos duros.

Era apenas a primeira volta rápida, mas Lewis Hamilton foi apenas 0s048 mais rápido que Leclerc, só que fazendo uso dos pneus médios. Na sua segunda passagem, o pentacampeão melhorou bem seu tempo para cravar 1min21s972. Sebastian Vettel, diferente de Leclerc, calçava os pneus médios e subia para o segundo lugar pouco tempo depois. Também com os compostos amarelos, Max Verstappen colocava a Red Bull em terceiro.

Lewis Hamilton ficou bem mais perto de Leclerc nesta tarde em Monza (Foto: AFP)

A chuva estava cada vez mais perto de Monza. Deu tempo para Bottas completar o 1-2 prateado ao virar tempo 0s073 mais lento em relação ao seu companheiro de equipe. A série, no entanto, foi quebrada pela Ferrari de Leclerc, que completou sua primeira volta com os pneus macios durante à tarde. 1min20s978 e o primeiro lugar para o monegasco. Era a vez de a equipe de Maranello fazer dobradinha, com Vettel fechando o provisório 1-2 vermelho. Max Verstappen subia para terceiro, deixando Hamilton e Bottas para trás.

Pouco antes da primeira meia hora de treino, a chuva deu as caras de forma leve, mas constante. Dos 20 pilotos do grid, apenas um não tinha tempo registrado, Lando Norris, por conta de um vazamento de óleo. O prodígio britânico só conseguiu fazer suas voltas rápidas na parte final da sessão.

A direção de prova aproveitou que ninguém estava na pista e acionou a bandeira vermelha para tirar os detritos da pista na altura da Variante Della Roggia.

A bandeira vermelha vigorou por pouco tempo. E a chuva não foi intensa o bastante para molhar toda a pista. Assim, os pilotos foram, aos poucos deixando os boxes para a retomada da sessão. Aí a Mercedes aproveitou para tentar medir forças com a Ferrari. Hamilton conseguiu subir para segundo e virar apenas 0s068 mais lento que Leclerc. Bottas também melhorou, mas não o bastante para subir além do quarto lugar.

Leclerc, com pneus macios, e Vettel, com os médios, também voltavam à pista. Mas a Ferrari já trabalhava em ritmo de corrida, assim como as demais equipes, de modo que não houve melhora significativa nos tempos de volta. Ferrari na frente, com Leclerc em ótima fase, mas a Mercedes próxima, com Hamilton posicionando-se como real concorrente à pole do GP da Itália neste sábado.

#GALERIA(9898)

F1 2019, GP da Itália, Monza, treino livre 2:

1 C LECLERC Ferrari 1:20.978   37
2 L HAMILTON Mercedes 1:21.046 +0.068 32
3 S VETTEL Ferrari 1:21.179 +0.201 39
4 V BOTTAS Mercedes 1:21.347 +0.369 34
5 M VERSTAPPEN Red Bull Honda 1:21.350 +0.372 29
6 A ALBON Red Bull Honda 1:21.589 +0.611 30
7 P GASLY Toro Rosso Honda 1:22.124 +1.146 42
8 R GROSJEAN Haas Ferrari 1:22.153 +1.175 44
9 D RICCIARDO Renault 1:22.249 +1.271 36
10 D KVYAT Toro Rosso Honda 1:22.260 +1.282 37
11 N HÜLKENBERG Renault 1:22.338 +1.360 37
12 C SAINZ JR McLaren Renault 1:22.482 +1.504 32
13 K MAGNUSSEN Haas Ferrari 1:22.511 +1.533 42
14 K RÄIKKÖNEN Alfa Romeo Ferrari 1:22.523 +1.545 35
15 L STROLL Racing Point Mercedes 1:22.706 +1.728 32
16 S PÉREZ Racing Point Mercedes 1:22.882 +1.904 33
17 A GIOVINAZZI Alfa Romeo Ferrari 1:23.065 +2.087 35
18 L NORRIS McLaren Renault 1:23.561 +2.583 16
19 R KUBICA Williams Mercedes 1:23.737 +2.759 29
20 G RUSSELL Williams Mercedes 1:24.313 +3.335 23
    Tempo 107% 1:26.646 +5.668  
           
REC K RÄIKKÖNEN Ferrari 1:19.119 01/09/2018  
MV R BARRICHELLO Ferrari 1:21.046 12/09/2004  

Paddockast #32
AS PISTAS MAIS PERIGOSAS DO MUNDO

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar