F1

Leclerc lamenta problema com zebra no Q2 e queda de performance na Espanha: “Não estou muito feliz”

A tarde deste sábado (11) foi complicada para Charles Leclerc. O monegasco teve problemas sobretudo no Q2, quando ficou com o assoalho do carro avariado depois de ter passado por cima de uma zebra. Daí em diante, o piloto da Ferrari pouco pôde fazer. Leclerc vai largar na quinta posição em Barcelona

Grande Prêmio, de Barcelona / Redação GP, de Sumaré
Nem de longe o treino classificatório do GP da Espanha de Fórmula 1 foi do jeito que sonhava Charles Leclerc. Ainda que soubesse que a Mercedes vem muito à frente da Ferrari ao longo do fim de semana, o monegasco tinha a esperança de fazer uma boa jornada, até porque seu desempenho assim o indicava. Mas depois de um problema no assoalho após ter passado por cima de uma zebra na tarde deste sábado (11), o dono do carro #16 ficou fora até da segunda fila. Leclerc vai largar em quinto, tendo ao seu lado a Red Bull de Pierre Gasly.
 
No Q1 e no Q2, Leclerc terminou na quarta posição, mas o piloto foi o último a fazer sua tentativa de volta rápida na fase final da sessão, uma vez que a Ferrari ainda trabalhava para realizar os reparos no carro antes de mandá-lo de volta à pista. Houve tempo para uma volta, 1min16s588, ficando 1s182 atrás do tempo do pole, Valtteri Bottas.
Charles Leclerc ficou longe de obter uma boa performance neste sábado em Barcelona (Foto: AFP)
“Não estou muito feliz. Sobre o Q2, não entendo como eu pude ter perdido tanto na zebra. Não esperava por isso. Tive um pouquinho de saída de frente, mas continuei acelerando imaginando que tudo estivesse bem”, afirmou o piloto em entrevista coletiva pouco depois da sessão.
 
“Infelizmente, quando quebrou muito, tive de parar novamente. É engraçado para mim porque o equilíbrio no Q3 foi muito estranho para mim. Temos de checar o carro e ver se tudo está bem”, lastimou o monegasco.
 
Por fim, Leclerc lembrou que mesmo se estivesse com o carro perfeito, não poderia sequer almejar um lugar na primeira fila. “Não mudaria nada. A Mercedes esteve à nossa frente hoje e é isso”, concluiu.
 
O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO, em TEMPO REAL e ‘in loco’ todo o fim de semana do GP da Espanha com o repórter Eric Calduch. Siga tudo aqui.

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.