F1

Leclerc mantém domínio da Ferrari e fecha dia com dobradinha na Alemanha

A Ferrari deu as cartas na casa da Mercedes e dominou a sexta-feira (26) de treinos livres do GP da Alemanha. Nesta tórrida tarde em Hockenheim, Charles Leclerc marcou o melhor tempo do dia, com Sebastian Vettel 0s124 atrás. Lewis Hamilton foi novamente o terceiro, perto dos carros de Maranello. No fim da sessão, Pierre Gasly bateu forte o carro da Red Bull

Grande Prêmio / FERNANDO SILVA, de Sumaré
A Mercedes tem pela frente um fim de semana festivo com o aniversário de 125 anos de envolvimento no esporte a motor, mas ao menos nesta sexta-feira (26) de treinos livres da F1, foi a Ferrari quem deu as cartas em Hockenheim. Se no período da manhã Sebastian Vettel foi o mais rápido, coube a Charles Leclerc registrar o melhor tempo de um dia marcado por um calor extremo no circuito alemão. O monegasco registrou 1min13s449 e liderou nova dobradinha da Ferrari, com o tetracampeão em segundo, com 0s124 de déficit para seu companheiro de equipe.

Assim como no primeiro treino, Lewis Hamilton foi novamente o terceiro colocado na sessão da tarde em Hockenheim, ficando a 0s146 da marca de Leclerc. O segundo treino deu uma imagem mais nítida da performance dos carros, uma vez que todos fizeram seus melhores tempos com os pneus macios.
Charles Leclerc registrou o melhor tempo do dia em Hockenheim (Foto: AF)
Na sua volta lançada, Valtteri Bottas não foi bem, mesmo terminando em quarto. O finlandês ficou 0s662 atrás de Leclerc, enquanto Max Verstappen, que se queixou de problemas de potência do motor, foi o quinto, dez posições à frente do seu companheiro de Red Bull, Pierre Gasly. A tarde foi bem ruim para o francês, que no fim do treino escapou na última curva, perdeu o controle do carro e bateu na barreira de proteção, provocando o acionamento da bandeira vermelha.

A surpresa foi a presença de Romain Grosjean, da Haas, em sexto. Lance Stroll novamente apareceu bem e colocou a Racing Point em sétimo. Kimi Räikkönen, da Alfa Romeo, Nico Hülkenberg, da Renault, e Sérgio Pérez, também da Racing Point, completaram o top-10.

As atividades de pista do Mundial de F1 em Hockenheim continuam neste sábado. Às 7h (horário de Brasília), acontece o terceiro treino livre, enquanto a definição do grid de largada está marcada para 10h. O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e em TEMPO REAL. Siga tudo aqui.

Saiba como foi o segundo treino livre do GP da Alemanha de F1

Com 36,5ºC de temperatura ambiente e quase 50ºC no asfalto, os 20 pilotos do grid deram início ao treino livre da tarde na quente Hockenheim. Nos primeiros minutos, a sessão foi protagonizada pelos pilotos das equipes do meio, com Carlos Sainz, o 'melhor do resto' do TL1, liderando provisoriamente com 1min15s457, com pneus médios. Mas segundos depois, a marca do espanhol da McLaren foi superada por Romain Grosjean, com os compostos duros, e por Kimi Räikkönen, também com os médios.

A Alfa Romeo do 'Homem de Gelo' só ocupou a liderança mesmo antes dos tempos das equipes mais rápidas do grid. Não demorou muito para a Ferrari, grande dona do primeiro treino, assumir a ponta com Charles Leclerc na frente, com 1min14s569 — com pneus duros — e Sebastian Vettel 0s235 atrás, mas com os médios. Pierre Gasly colocava a Red Bull em terceiro.
Charles Leclerc fez boa volta com pneus duros nesta tarde (Foto: AFP)
Na sua primeira volta rápida, Lewis Hamilton pulou na ponta. Com pneus médios, diferente dos duros de Leclerc, o pentacampeão cravou 1min14s456, apenas 0s113 à frente do monegasco. O tempo do jovem da Ferrari foi tão bom que não foi batido por Valtteri Bottas, que se colocou em terceiro, com pneus duros.

Dentre os pilotos das equipes de ponta, Max Verstappen foi o último a marcar tempo nesta tarde. O holandês, com os médios, subiu para terceiro antes de ser superado por Bottas, que formou o 1-2 provisório da Mercedes. Que foi reforçado depois da ótima volta de Hamilton, que seguia na pista com os pneus duros e registrou 1min14s074.

O primeiro piloto da tarde a sair com os pneus macios foi Romain Grosjean, da Haas. O franco-suíço melhorou bem seu tempo e naturalmente subiu na tabela para ocupar a segunda colocação. Mas seu tempo foi facilmente batido pouco depois na sequência da sessão. Lance Stroll, que também veio com os macios, avançou para terceiro lugar. Até que Vettel abriu seu primeiro giro com os pneus vermelhos e não teve a menor dificuldade para deixar todo mundo para trás ao marcar 1min13s573.
Lewis Hamilton não conseguiu bater os tempos da Ferrari na primeira parte do treino (Foto: AFP)
Quando todos passaram a usar os pneus macios, aí a tabela dos tempos refletiu de forma cristalina a realidade. Leclerc superou Vettel por 0s124 e assumiu a ponta do treino com 1min13s449. Hamilton vinha em terceiro, 0s146 atrás do tempo de Charles. E quando Bottas completou sua volta rápida, ficou bem longe dos ponteiros, virando em quarto, mas com 0s662 de atraso. Verstappen, por sua vez, reclamava da falta de potência do motor e teve de ir aos boxes da Red Bull.


Para a segunda metade do treino, as equipes focaram os trabalhos para avaliar a performance dos carros em ritmo de corrida, de modo que praticamente não houve melhoras significativas na tabela de tempos.Na sua simulação, Hamilton teve dificuldades na entrada do estádio e chegou a escapar da pista, mas sem maiores consequências.

No fim de uma sessão que teve a Ferrari como protagonista, Gasly voltou a ficar no olho do furacão. O piloto escapou na última curva e bateu forte na barreira de proteção. Pierre nada sofreu, mas foi o suficiente para não apenas provocar o acionamento da bandeira vermelha, mas também voltar a ser pressionado dentro da Red Bull.


F1 2019, GP da Alemanha, Hockenheim, treino livre 2:

1 C LECLERC Ferrari 1:13.449   33
2 S VETTEL Ferrari 1:13.573 +0.124 30
3 L HAMILTON Mercedes 1:13.595 +0.146 30
4 V BOTTAS Mercedes 1:14.111 +0.662 30
5 M VERSTAPPEN Red Bull Honda 1:14.133 +0.684 23
6 R GROSJEAN Haas Ferrari 1:14.179 +0.730 33
7 L STROLL Racing Point Mercedes 1:14.268 +0.819 32
8 K RÄIKKÖNEN Alfa Romeo Ferrari 1:14.458 +1.009 33
9 N HÜLKENBERG Renault 1:14.472 +1.023 26
10 S PÉREZ Racing Point Mercedes 1:14.518 +1.069 30
11 C SAINZ JR McLaren Renault 1:14.662 +1.213 34
12 D KVYAT Toro Rosso Honda 1:14.800 +1.351 39
13 D RICCIARDO Renault 1:15.010 +1.561 33
14 A ALBON Toro Rosso Honda 1:15.062 +1.613 36
15 P GASLY Red Bull Honda 1:15.089 +1.640 19
16 L NORRIS McLaren Renault 1:15.247 +1.798 29
17 A GIOVINAZZI Alfa Romeo Ferrari 1:15.406 +1.957 31
18 K MAGNUSSEN Haas Ferrari 1:15.470 +2.021 28
19 G RUSSELL Williams Mercedes 1:16.900 +3.451 27
20 R KUBICA Williams Mercedes 1:16.980 +3.531 26
    Tempo 107% 1:18.590 +5.141  
           
REC S VETTEL Ferrari 1:11.212 21/07/2018  
MV K RÄIKKÖNEN McLaren Mercedes 1:13.780 25/07/2004  


Paddockast #26
Acidentes que alteraram carreiras


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.