F1

Leclerc se mantém “realista”, mas diz que conseguir pressionar Vettel seria “bom sinal”

Charles Leclerc não conseguiu evitar questões sobre se conseguirá se aproximar de Sebastian Vettel em termos de resultados já no primeiro ano na Ferrari. Discreto, porém, ele afirmou que se conseguir fazer a Ferrari ter que lidar com isso será um bom sinal

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
Desde que Charles Leclerc foi anunciado como novo piloto da Ferrari, ainda em 2018, muitos comentários surgiram sobre como ele pode ser capaz de pressionar Sebastian Vettel já em seu primeiro ano na equipe — e apenas segunda temporada na F1.

Demorou, mas o monegasco acabou comentando sobre esta situação. Ele fugiu de qualquer polêmica, mas vê uma chance de que isso seja positivo para sua própria carreira na Ferrari.

"Obviamente, ficarei feliz se me acostumar com o carro rapidamente e tiver um bom ritmo. Mas sou realista. É apenas minha segunda temporada na F1 e tenho muito a aprender. Há uma estrada longa à frente. Mas não posso esconder que estou tentando ficar o mais pronto possível para a primeira corrrida", disse ele ao site norte-americano 'Motorsport.com'.
Charles Leclerc (Foto: Ferrari)
"Se Mattia (Binotto, novo chefe da escuderia italiana) tiver o problema de ter que lidar com dois pilotos rápidos, então isso será um bom sinal para mim. Mas, por enquanto, estou focado em mim mesmo, tentando melhorar a cada volta que dou com o carro. É uma equipe de ponta, e há maneiras de se lidar com tudo. Há alguma adaptação a ser feita", seguiu Leclerc.

Por fim, o piloto comentou sobre como o próprio Vettel lhe dá dicas de como evoluir e do que está sentindo do carro da Ferrari.

"Em termos de feedback, ele é muito bom. Ele tem muito conhecimento técnico, então, no que eu puder melhorar, estou me esforçando muito. Passei as últimas cinco, seis semanas na fábrica tentando entender melhor os sistemas, o que eu acho que foi uma dos meus pontos fracos no ano passado. Quero melhorar em tudo isso", concluiu.

GRANDE PRÊMIO cobre ‘in loco’ a pré-temporada da F1 em Barcelona com os repórteres Evelyn Guimarães, Vitor Fazio, Eric Calduch e o fotógrafo Xavi Bonilla. Acompanhe tudo aqui.