Leclerc supera Vettel com volta fantástica e crava pole improvável da Ferrari em Singapura

Charles Leclerc brilhou novamente na F1. Com direito a uma volta fantástica no fim do Q3, o monegasco roubou uma pole que parecia destinada a Sebastian Vettel. Com 1min36s217, o jovem garantiu a posição de honra pela terceira vez seguida, a quinta em 2019

Brilhante! Assim é possível definir a volta que deu a Charles Leclerc a pole-position do GP de Singapura, na noite deste sábado (21). Com uma grande performance na fase final do Q3, o monegasco tirou de Sebastian Vettel uma pole que parecia certa e cravou 1min36s217. Na última volta, Lewis Hamilton também superou o tetracampeão e colocou a Mercedes na primeira fila do grid em Marina Bay. Restou ao alemão se contentar com o terceiro lugar no grid de largada.

Hamilton ficou a 0s191 do tempo de Leclerc, enquanto Vettel foi superado em 0s220. Max Verstappen, que pintava como sério candidato à pole, foi o quarto colocado em uma sessão marcada por muito equilíbrio no início, mas com Charles brilhando mais uma vez na F1. Terceira pole consecutiva e a quinta na temporada, sendo o piloto que mais vezes vai largar na frente em 2019.

Charles Leclerc fez a festa pela terceira vez consecutiva em um sábado de classificação da F1 (Foto: Ferrari)

Valtteri Bottas decepcionou novamente e ficou a quase 1s do tempo de Leclerc, largando assim na quinta colocação. O finlandês vai dividir a terceira fila do grid com o anglo-tailandês Alexander Albon, com o segundo carro da Red Bull. Carlos Sainz, da McLaren, vai largar lado a lado com a Renault de Nico Hülkenberg. A quinta fila tem Lando Norris e Antonio Giovinazzi. Daniel Ricciardo, que conquistara o oitavo lugar, acabou sendo desclassificado por exceder o limite de potência de uma das baterias do motor. O australiano deve sair do fundo do grid. 

A largada da 15ª etapa da temporada 2019 da F1 está marcada para 9h10 (horário de Brasília). O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e em TEMPO REAL.

Saiba como foi o treino classificatório do GP de Singapura

Q1: Mercedes sobra com pneus macios, e Bottas fica à frente de Hamilton

Favorito à pole em Singapura por conta do histórico recente no circuito de Marina Bay, Lewis Hamilton abriu o Q1 com pneus médios, assim como Valtteri Bottas. As demais equipes, entre elas a Ferrari, começaram com os macios. Carlos Sainz, um dos bons nomes dos treinos livres, apresentava problemas antes mesmo da sua primeira volta lançada e reportava falta de potência do motor Renault da sua McLaren. Mas o espanhol conseguiu resolver o problema e conseguiu marcar tempo.

Bottas colocou as Flechas de Prata na ponta no começo do Q1 com 1min38s623. Hamilton virou 0s1 mais lento em relação ao finlandês. Até que a dupla da Mercedes foi batida por Leclerc, que registrou 1min38s014. O agitado Q1 tinha Max Verstappen também mostrando boa performance. O holandês, pouco depois da volta do monegasco, cravou o segundo tempo provisório, 0s526 atrás do tempo da Ferrari. E Sainz mostrava que os problemas estavam resolvidos com o temporário top-5. Vettel estava apenas em sexto, com 0s925 de desvantagem para o companheiro de equipe. Uma diferença que impressionava.

Lando Norris encaixou grande volta no fim do Q1 (Foto: McLaren)

A vantagem de Leclerc para Vettel caiu de 0s9 para 0s360 quando o alemão conseguiu a então segunda melhor volta do Q1.

A lista dos eliminados tinha quatro carros praticamente certos: as duas Williams e as duas Haas. Kimi Räikkönen, da Alfa Romeo, completava a 'zona da degola', com Lance Stroll também bastante ameaçado.

No fim do Q1, Hamilton e Bottas fizeram mais uma tentativa, mas com os pneus macios. Aí, os carros prateados sobraram em Marina Bay. O finlandês marcou 1min37s317. Lewis, novamente, não conseguiu superar o companheiro de equipe, subiu para segundo, mas ficou 0s248 atrás da Flecha de Prata #77. Os segundos finais reservaram também ótimas voltas de Magnussen, Lando Norris e Räikkönen. No fim, Sergio Pérez jogou para a zona de eliminação a Toro Rosso de Daniil Kvyat. Ficaram fora também Stroll, Grosjean, Russell e Kubica.

Q2: Ferrari dá as cartas e deixa Hamilton para trás

Todos os 15 pilotos da segunda fase da sessão deixaram os boxes com pneus macios. Bottas, Hamilton e Leclerc abriram o Q2 com ótimas voltas. O monegasco conseguiu o feito de superar as duas Mercedes, marcou 1min36s930 e deixou Hamilton em segundo com 0s131 de vantagem, enquanto o finlandês era o terceiro. Vettel, 0s375 atrás do líder, era o quarto colocado, e as McLaren de Norris e Sainz em quinto e sexto, respectivamente, antes das voltas rápidas da Red Bull.

Foi aí que Verstappen colocou o carro taurino em terceiro, atrás de Leclerc e Hamilton, mas com direito a melhor parcial no segundo setor.  Lá atrás, Räikkönen beijava o muro de proteção com as rodas traseira e dianteira esquerda antes de voltar para os boxes.

Nico Hülkenberg conseguiu passar para o Q3 em seu último GP de Singapura com a Renault (Foto: Renault)

Os segundos finais do Q2 confirmaram que a Ferrari também era uma concorrente real na luta pela pole. Vettel chegou a assumir a liderança, mas Leclerc respondeu com 1min36s650, 0s070 mais rápido que o alemão. Hamilton, Verstappen, Bottas, Norris, Alexander Albon, Sainz, Daniel Ricciardo e Nico Hülkenberg fecharam a lista dos dez pilotos que passaram para o Q3. Foram eliminados Pérez, Antonio Giovinazzi, Pierre Gasly, Räikkönen e Magnussen.

Q3: Leclerc brilha de novo com pole em Singapura

Hamilton e Bottas abriram o Q3 com dificuldades por conta do tráfego. Vettel foi o primeiro a abrir sua volta rápida e cravou 1min36s437. A dupla da Mercedes ficou bem longe do tempo do tetracampeão, acima de 1s. Leclerc também não conseguiu se aproximar do companheiro de equipe, subiu para segundo, mas ficou 0s357 atrás. E Verstappen, próximo ao tempo do monegasco, vinha em terceiro.

Mas Leclerc provou mais uma vez sua grande fase na F1. Com volta espetacular, superou Vettel e marcou a pole-position em Singapura, batendo seu companheiro de equipe em 0s220. No fim, Hamilton ainda tirou um desempenho extra da Mercedes e garantiu um bom lugar na primeira fila do grid. Verstappen conseguiu o quarto lugar.

A sessão prova a grande performance de Leclerc, que se consolidou como o piloto com mais poles em 2019 até agora: 5.

F1 2019, GP de Singapura, Marina Bay, grid de largada: 

1 C LECLERC Ferrari   1:36.217    
2 L HAMILTON Mercedes   1:36.408 +0.191  
3 S VETTEL Ferrari   1:36.437 +0.220  
4 M VERSTAPPEN Red Bull Honda   1:36.813 +0.596  
5 V BOTTAS Mercedes   1:37.146 +0.929  
6 A ALBON Red Bull Honda   1:37.411 +1.194  
7 C SAINZ JR McLaren Renault   1:37.818 +1.601  
8 N HÜLKENBERG Renault   1:38.264 +2.047  
9 L NORRIS McLaren Renault   1:38.329 +2.112  
10 A GIOVINAZZI Alfa Romeo Ferrari   1:38.697 +2.480  
11 P GASLY Toro Rosso Honda   1:38.699 +2.482  
12 K RÄIKKÖNEN Alfa Romeo Ferrari   1:38.858 +2.641  
13 K MAGNUSSEN Haas Ferrari   1:39.650 +3.433  
14 D KVYAT Toro Rosso Honda   1:39.957 +3.740  
15 S PÉREZ Racing Point Mercedes P +5 1:38.620 +2.403  
16 L STROLL Racing Point Mercedes   1:39.979 +3.762  
17 R GROSJEAN Haas Ferrari   1:40.277 +4.060  
18 G RUSSELL Williams Mercedes   1:40.867 +4.650  
19 R KUBICA Williams Mercedes   1:41.186 +4.969  
20 D RICCIARDO Renault EXC      
    Tempo 107%   1:36.889 +0.672  
             
REC L HAMILTON Mercedes   1:36.015 15/09/2019  
MV K MAGNUSSEN Haas Ferrari   1:21.046 16/09/2019  

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube