Hamilton mantém mistério, mas enche Russell de elogios: “Ele é o futuro”

Lewis Hamilton ainda não confirma nada, mas já projeta um futuro com George Russell como companheiro de equipe. O jovem piloto deve substituir Valtteri Bottas em 2022

Assista aos melhores momentos do GP da Bélgica deste domingo (Vìdeo: GRANDE PRÊMIO com Reuters)

A confirmação de George Russell na Mercedesparece ser iminente. Os rumores esquentam no paddock, no embalo do grande momento vivido pelo britânico na Williams. O anúncio oficial ainda não veio, mas Lewis Hamilton já deu a luz verde: o heptacampeão definiu o rival como “incrivelmente talentoso” e começou a projetar o futuro.

“Eu acho que seria bom, sinceramente”, disse Hamilton, questionado sobre uma provável dupla com Russell. “O George é um piloto incrivelmente talentoso e isso já está claro. O destaque do fim de semana [em Spa] deve ter sido a volta de classificação dele, que foi incrível. Acho que ele é um cara humilde, com uma ótima abordagem. Ser britânico é algo que facilita a comunicação também”, seguiu.

A Mercedes cozinha a escolha do segundo piloto para 2022 em banho-maria. A possibilidade de um anúncio ainda em julho acabou adiada para setembro. O anúncio da aposentadoria de Kimi Räikkönen promete ser o estopim para uma série de manobras, como a ida de Valtteri Bottas para a Alfa Romeo. É do interesse da atual campeã da F1 garantir que o atual segundo piloto tenha um futuro garantido. Além disso, Lewis trabalha para manter Valtteri motivado.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Russell e Hamilton muito provavelmente serão companheiros em 2022 (Foto: AFP)

“Eu preciso apoiar meu companheiro também nesse momento. É por isso que eu sempre apoio o Valtteri, porque temos um trabalho por fazer agora. Ninguém consegue vencer um Mundial de Construtores sozinho, é preciso trabalhar em equipe. Mas ele [Russell] é o futuro, ele é um dos caras que pertence ao futuro do nosso esporte. Acho que ele já mostrou uma pilotagem incrível até aqui e só vai melhorar. Há algum lugar melhor para isso do que nessa nossa equipe ótima?”, apontou.

“Também não é como se eu não tivesse sido testado ainda. Eu já tive alguns pilotos incríveis como companheiros, eu tive o Fernando [Alonso] como companheiro no ano de estreia. Não sinto que tenho o que provar. Estou em um momento diferente da minha vida e fico feliz de ver jovens surgindo. Não quero perder para os mais novos, mas fico empolgado de ver a evolução do esporte”, encerrou.

A F1 já está em Zandvoort, casa do GP da Holanda. Trata-se do 13° GP da temporada 2021, que tem Lewis Hamilton e Max Verstappen separados por 3 pontos na briga pelo título.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar