Hamilton “não deveria escolher companheiro de equipe” na Mercedes, diz Alonso

Lewis Hamilton deveria dar pitaco na escolha de seu companheiro de equipe? Fernando Alonso sente que não, dizendo que o piloto da Mercedes precisa apenas aceitar

Em meio às constantes especulações sobre quem será o companheiro de Lewis Hamilton na Mercedes em 2022, Fernando Alonso tomou a palavra desta vez e analisou a situação. Na visão do bicampeão mundial de Fórmula 1, é completamente inapropriado Hamilton ter voz ativa na hora da definição do companheiro de equipe, já que um piloto deve “apenas aceitar” a decisão da equipe.

O próprio Hamilton já deu a entender que, caso tivesse voz na escolha do companheiro, escolheria Valtteri Bottas, preterindo mais uma vez a chegada de George Russell à equipe alemã. Sem ter sido ameaçado por Valtteri desde 2017, Lewis tem vida fácil na Mercedes desde a aposentadoria de Nico Rosberg.

“Penso que, como todo mundo, um piloto não deveria escolher o companheiro de equipe. É algo que você apenas aceita. Neste sentido, nunca é um problema. Só de eu não saber o que se passa na Mercedes, não fico nem interessado”, analisou Alonso em entrevista ao jornal espanhol AS.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Ao que tudo indica, o futuro segundo piloto da Mercedes será Valtteri Bottas ou George Russell (Foto: AFP)

Companheiro de McLaren de Hamilton em 2007, Alonso foi contundente em sua opinião e aproveitou o momento para analisar Russell e a situação da Williams, tem lampejos de bom desempenho por conta do “algo especial” que Russell entrega a cada fim de semana. Essa é a visão de Alonso, sempre elogioso ao jovem piloto.

“Sabemos que não é um carro competitivo. É melhor este ano, mas não foi assim nos dois últimos. Creio que ele está colocando algo especial a cada fim de semana e isso é muito bacana para quem está em casa ver. É algo que sempre impressiona”, disse Alonso.

Verstappen aplica novo domínio e vence: os melhores momentos do GP da Áustria (GRANDE PRÊMIO com Reuters)

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar