Hamilton assume revés contra Verstappen na Turquia: “Perdemos pontos preciosos”

Lewis Hamilton se mostrou resignado diante da chance perdida de somar pontos importantes na luta contra Max Verstappen pelo título. O heptacampeão foi apenas o quinto no GP da Turquia depois de uma estratégia hesitante com o pit-stop

Sergio Pérez e Lewis Hamilton travaram grande duelo no GP da Turquia (Vídeo: F1)

Lewis Hamilton despontou como o grande nome do fim de semana do GP da Turquia: dominou os treinos livres, fez o tempo mais rápido da classificação e quebrou o recorde de Istambul Park, mas não largou na pole por conta da troca do motor de combustão interna e abriu a disputa em 11º. Diante das condições incertas do asfalto em razão da chuva e da secagem da pista, o grande ponto para Hamilton e a Mercedes foi a estratégia. Com os compostos intermediários já desgastados, o piloto até cogitou seguir na pista até o fim, mas foi chamado pela equipe para fazer o pit-stop na volta 50, quando estava em terceiro. Lewis perdeu as posições para Sergio Pérez e Charles Leclerc, chegou a ser ameaçado por Pierre Gasly e terminou em quinto no último domingo (10).

Pouco depois da corrida, Hamilton se mostrou insatisfeito com a estratégia adotada pela equipe heptacampeã do mundo. “Olhando para trás, provavelmente ou deveria ter ficado na pista ou parado bem antes. É um pouco frustrante”, disse o piloto à emissora britânica Sky Sports.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

O vencedor Valtteri Bottas em contraste com a frustração de Lewis Hamilton na Turquia (Foto: Umit Bektas/AFP)

Em um dos diálogos com seu engenheiro de pista, Peter Bonnington, Lewis mostrou irritação quando, a quatro voltas para o fim da corrida, foi avisado sobre a aproximação de Gasly, que vinha em sexto. “Me deixe em paz, cara”, bradou o dono do carro #44.

No ‘cercadinho’ onde os pilotos dão as entrevistas depois das atividades de pista, Hamilton falou ao serviço de streaming espanhol DAZN. E reconheceu o revés na luta contra Max Verstappen, segundo colocado no GP da Turquia, na luta pelo título.

“Perdemos pontos valiosos hoje. Se tivesse ficado fora [continuado na pista e não ter parado para trocar pneus em Istambul], não sei se estaria na mesma posição. Quem sabe”, comentou.

Já em entrevista à jornalista Mariana Becker, da Band, Hamilton voltou a mostrar incerteza diante da estratégia adotada pela Mercedes.

“Tudo o que tenho é o carro na frente, mas eu não sei o que a equipe está vendo. Então, a gente tem de confiar na equipe nessas horas. Não sei se foi a decisão certa ou não, vou saber mais tarde, mas de qualquer forma perdemos duas posições”, ressaltou.

“Do jeito que está apertado, perder duas posições, realmente, não foi bom”, lastimou Lewis Hamilton.

Diante de uma jornada que até então parecia positiva, mas que terminou atrás do rival na disputa pelo título, Hamilton agora está 6 pontos atrás de Verstappen. E restam exatamente seis etapas para o desfecho da temporada 2021.

A próxima etapa do campeonato acontece entre 22 e 24 de outubro com o GP dos Estados Unidos, no Circuito das Américas, em Austin.

F1 NA TURQUIA: BOTTAS LEVA NA TURQUIA E VERSTAPPEN RETOMA PONTA. HAMILTON É 5º

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar