Hamilton tem redução, mas segue com melhor salário da F1. Alonso é 3º mais bem pago

Levantamento feito pelo site britânico RaceFans aponta Lewis Hamilton como dono do melhor salário da Fórmula 1 em 2021. O heptacampeão, no entanto, vai receber menos neste ano em razão do novo acordo com a Mercedes. De volta ao grid, Fernando Alonso é terceiro no ranking

Rinus VeeKay bate forte no primeiro dia de testes coletivos da Indy em Indianápolis (Vídeo: IndyCar)

Lewis Hamilton segue como o piloto mais bem pago da Fórmula 1, mas com mudanças em relação ao visto em 2020. De acordo com levantamento feito pelo site RaceFans, o britânico teve de aceitar um salário menor ao fim de uma truncada negociação de contrato de um ano com a Mercedes.

Ainda assim, Hamilton está longe de precisar contar moedas. O salário de US$ 40 milhões (R$ 223 milhões) por ano caiu para US$ 30 milhões (R$ 167 milhões). Isso significa vantagem menor sobre Max Verstappen, que segue com os mesmos US$ 25 milhões (R$ 140 milhões) por ano de 2020. A novidade no top-3 é Fernando Alonso, que retornou ao grid da F1 já embolsando US$ 20 milhões (R$ 112 milhões) no contrato com a Alpine.

Lewis Hamilton tem o melhor salário da F1, com Max Verstappen em segundo (Foto: Beto Issa)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Um dos cortes mais drásticos é o de Sebastian Vettel. O alemão deixou de ganhar US$ 30 milhões (R$ 167 milhões) anuais na Ferrari em 2020 para aceitar US$ 15 milhões (R$ 84 milhões) na Aston Martin em 2021. Isso deixa o tetracampeão empatado com Daniel Ricciardo como o quarto mais bem pago de todos. O top-10 tem ainda Charles Leclerc, Valtteri Bottas, Lance Stroll, Carlos Sainz Jr. e Kimi Räikkönen

No extremo oposto da tabela estão os pilotos mais jovens do grid. Quem menos recebe dinheiro na Fórmula 1 é Yuki Tsunoda, valendo US$ 500 mil (R$ 2,7 milhões). Os outros estreantes, Mick Schumacher e Nikita Mazepin não estão embolsando muito mais: a dupla da Haas recebe US$ 1 milhão (R$ 5,4 milhões) cada.

Confira a lista completa:

1L HAMILTONMercedesR$ 167,65 milhões
2M VERSTAPPENRed Bull HondaR$ 139,71 milhões
3F ALONSOAlpineR$ 111,77 milhões
4S VETTELAston Martin MercedesR$ 83,83 milhões
5D RICCIARDOMcLaren MercedesR$ 83,83 milhões
6C LECLERCFerrariR$ 67,06 milhões
7V BOTTASMercedesR$ 55,88 milhões
8K RÄIKKÖNENAlfa Romeo FerrariR$ 55,88 milhões
9C SAINZFerrariR$ 55,88 milhões
10L STROLLAston Martin MercedesR$ 55,88 milhões
11S PÉREZRed Bull HondaR$ 44,71 milhões
12P GASLYAlphaTauri HondaR$ 27,94 milhões
13L NORRISMcLaren MercedesR$ 27,94 milhões
14E OCONAlpineR$ 27,94 milhões
15G RUSSELLWilliams MercedesR$ 5,59 milhões
16A GIOVINAZZIAlfa Romeo FerrariR$ 5,59 milhões
17M SCHUMACHERHaas FerrariR$ 5,59 milhões
18N MAZEPINHaas FerrariR$ 5,59 milhões
19N LATIFIWilliams MercedesR$ 5,59 milhões
20Y TSUNODAAlphaTauri HondaR$ 2,79 milhões

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube