Hamilton volta a correr após saída de Michael Masi do quadro da FIA?

A saída de Michael Masi do organograma da FIA faz parte de um acordo com a Mercedes? A mudança garante Lewis Hamilton na F1 2022? Questões que ainda precisam ser respondidas

Enquanto a temporada 2022 da Fórmula 1 não começa, os eventos da decisão do ano passado, em Abu Dhabi, seguem repercutindo com intensidade no noticiário da categoria. Na última quarta-feira (12), Michael Masi deixou de aparecer no organograma da Federação Internacional de Automobilismo (FIA). O que significa para Lewis Hamilton?

A ausência do contestado diretor de provas da F1 levantou suspeitas, ainda mais após as informações divulgadas pelas emissoras britânicas BBC e Sky Sports apontando que a Mercedes exigiu a saída do dirigente após a final em Abu Dhabi.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
Hamilton dentro ou fora? Demora em ‘acordão’ Mercedes-FIA cria dúvida sobre futuro na F1

Na ocasião, Masi liberou que apenas os retardatários entre Hamilton e Max Verstappen descontassem a volta de atraso e liberou o safety-car antes da última volta, tirando assim uma chance de disputa igual entre os dois pilotos, já que o competidor da Red Bull tinha parado para colocar pneus macios novos. O fato de ter diminuído as reclamações de Toto Wolff bateram na alma da Mercedes como profunda traição.

De acordo com impresa inglesa, Hamilton quer resolução rápida das investigações lançadas sobre a decisão e exigidas pela Mercedes como parte de um processo de protesto. Quanto mais demorar, pior será. E mais: os veículos ainda afirmam que há um acordo entre Mercedes e FIA.

Agora, com a saída de Masi, o heptacampeão mundial vai voltar do silêncio misterioso que se encontra desde dezembro do ano passado? Pedro Henrique Marum, Ana Paula Cerveira e Pedro Luis Cuenca debatem o assunto.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar