Liberty Media detalha proposta para Miami receber etapa do Mundial já a partir de 2019: “Destino perfeito para a F1 e seus fãs”

Na manhã desta quarta-feira (2), o Liberty Media revelou de forma oficial os planos de Miami para abrigar uma etapa da F1 a partir de 2019. O governo da principal cidade da Flórida vai abrir votação no próximo dia 10 de maio para decidir se vai adiante com o projeto de levar o Mundial para uma corrida num circuito urbano. As negociações com a cidade compreendem um contrato válido entre 2019 e 2028

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Definitivamente, a F1 caminha para ter uma segunda corrida do calendário nos Estados Unidos. A prefeitura de Miami, por meio de um comunicado oficial, confirmou na sua agenda o dia 10 de maio como data para discutir sobre a aprovação ou não de um contrato dez anos com o Liberty Media para levar o Mundial já a partir da próxima temporada. E a detentora dos direitos comerciais da F1 também confirmou as intenções de sediar uma prova, a ser realizada num circuito urbano em Miami em breve, com um comunicado no site oficial da categoria na manhã desta quarta-feira (2). A proposta tem o apoio do prefeito de Miami, Francis Suárez.

 
Sean Bratches, diretor comercial da F1, destacou a aceitação da F1 perante ao governo de Miami e se mostrou confiante em alcançar um acordo, vendo na cidade como uma importante base do esporte.
 
“Hoje, a Comissão da Cidade de Miami deu um passo importante ao adicionar um item à sua próxima agenda que, se aprovada, vai abrir caminho para levar a F1 ao centro de Miami na próxima temporada. Agradecemos ao interesse da comunidade em receber uma corrida de F1 e esperamos trabalhar com autoridades locais e as partes interessadas para trazer essa visão”, ressaltou o executivo.
A F1 pode correr nas ruas de Miami já a partir da próxima temporada (Foto: FIA Fórmula E)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

“Com mais de meio bilhão de fãs em todo o mundo, a F1 é o maior espetáculo de corridas do planeta, e o status de Miami como uma das cidades mais emblemáticas e glamorosas do mundo, combinado à robusta infraestrutura turística, faz de Miami o destino perfeito para a F1 e seus fãs”, salientou. 

 
Stephen Ross, promotor do possível GP de Miami, citou a tradição da cidade em receber eventos esportivos de caráter mundial e acredita que a F1 se adequaria com perfeição ao perfil da cidade.
 
“Miami é uma cidade global de primeira classe, e a F1 é uma marca global de primeira classe. Em cooperação com a Prefeitura de Miami e a comarca Miami-Dade, tenho certeza que podemos realizar mais um evento global, que vai ser o destino para pessoas de todo o mundo e vai impulsionar o valor econômico do sul da Flórida”, apostou o empreendedor.
 
“Do futebol ao futebol americano, do tênis ao automobilismo, Miami merece apenas o melhor em termos de música, comida, arte, moda, esportes e entretenimento, e é exatamente isso o que planejamos fazer com uma corrida de F1”, completou.
 
O comunicado emitido pelo Liberty Media vem na esteira de rumores sobre a possível substituição do GP do Azerbaijão pelo de Miami a partir de 2019. Apesar de todo o sucesso esportivo, a prova em Baku tem sua continuidade posta em xeque porque os promotores locais querem reduzir a taxa paga à F1 após os três primeiros anos de contrato. Outras cidades em receber uma etapa do Mundial são Copenhague e Buenos Aires, capitais de Dinamarca e Argentina, respectivamente.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube