F1
01/09/2018 14:41

Magnussen vê Alonso como “um oportunista que se acha Deus” e diz: “Não vejo a hora de ele se aposentar

Kevin Magnussen disparou duras palavras contra Fernando Alonso. Neste sábado (1), após os pilotos se envolverem em um incidente durante a classificação em Monza, o dinamarquês afirmou que o espanhol acredita ser Deus e que mal pode esperar por sua aposentadoria
Warm Up / NATHÁLIA DE VIVO, de São Paulo
 Kevin Magnussen (Foto: Haas)
As coisas pegaram fogo entre Keving Magnussen e Fernando Alonso após a classificação em Monza. Neste sábado (1), o dinamarquês não segurou a língua, dizendo que o espanhol acredita ser Deus e que todos já conhecem o jeito “oportunista” do adversário, por causa disso, está ansioso pela hora de vê-lo deixar a F1.
 
Durante a tomada de tempos desta tarde, os competidores se envolveram em um incidente no final do Q2. Quando o dinamarquês foi passar o bicampeão para abrir uma volta rápida, o #14 também acelerou, com os dois se espremendo na curva 1. Isso acabou arruinando o giro de ambos, que foram sacados e não avançaram ao Q3.
 
O titular da Haas chegou a explicar brevemente a situação. “Estávamos em seis ou oito carros no grupo na saída da Ascari. Fernando estava aquecendo seus freios acho, não estava rápido”, apontou.
Alonso e Magnussen ficaram sem espaço durante a classificação (Foto: Reprodução)
“Eu estava veloz, então eu passei por ele. Mas então, por alguma razão, tentou acelerar e se aproximar de mim ao invés de criar uma distância como todos. Claro que ele conseguiu o vácuo perfeito e pensou que pudesse ultrapassar na curva 1”, continuou.
 
“Eu não ia deixar ele me passar e assim sacrificar minha própria volta, de jeito nenhum. Ele acredita que é Deus, mas não é. Ele veio após a classificação e riu na minha cara, muito desrespeitoso. Não vejo a hora de ele se aposentar”, disparou.
 
Magnussen ainda ressaltou como Fernando ficou conhecido pela fama de encrenqueiro ao longo de sua carreira. “Nós sabemos que Fernando é um oportunista”, apontou.
 
“Vimos isso algumas vezes em sua carreira, com seus companheiros. Ele tenta sempre diferentes coisas. Nem sempre funcionou e hoje também não. Ele fala sobre suas voltas serem divinas e literalmente acredita que é um Deus. É bastante divertido.”, encerrou.
 
Alonso também não deixou barato o incidente. Ao dar seu lado da situação, ironizou e afirmou que Magnussen tem um dos melhores carros do grid, mas mesmo assim ficou de fora do Q3.