“Mais forte” após suspensão, Grosjean diz que aprendeu ao observar Räikkönen no GP da Itália

Como diz o ditado, “há males que vem para bem”. Este é o pensamento que Romain Grosjean expõe antes de voltar a pilotar um carro de F1, neste fim de semana, em Cingapura

De volta após uma corrida de suspensão pelos sucessivos acidentes em largadas na temporada de 2012, sua primeira completa na F1, o francês Romain Grosjean diz estar mais forte do que antes. Mas as lições que ele aprendeu não dizem respeito apenas à punição que lhe foi aplicada, mas também ao que ele pôde fazer durante o fim de semana do GP da Itália, em Monza.

Observando tudo de fora, Grosjean passou o tempo analisando o trabalho de Kimi Räikkönen ao longo da 13ª etapa do Mundial. O “lado bom” do gancho que recebeu. A partir destes estudos de campo, ele acredita que conseguirá corrigir algumas deficiências recentes para voltar a se apresentar bem na F1.

A última participação de Grosjean em um GP acabou assim (Foto: Lotus)

“Kimi tem muita experiência e eu estava ouvindo o ráido dele durante todo o fim de semana. Vimos algumas coisas que estavam sendo feitas de outra forma do lado dele da garagem e queremos testar”, revelou o piloto, nesta quinta-feira, já em Cingapura.

“Vimos algumas coisas diferentes no carro dele com as quais temos dificuldades, então devo voltar a ter mais confiança, como foi em Valência ou Barcelona”, disse, esperando que a teoria se confirme na pista.

Ao comentar o que a suspensão em si vai mudar em sua postura, Grosjean negou que seja uma questão apenas de adquirir uma postura mais cautelosa dentro do cockpit. “Há algumas coisas que vamos tentar aprender a partir de um tempo difícil e melhorar nós mesmos”, falou.

Grosjean admitiu que, depois da pena, algumas coisas mudaram ao seu redor, “para que eu esteja melhor preparado para a corrida e melhore. Na F1, a diferença entre uma decisão certa ou errada é muito pequena. Talvez um décimo de segundo, ou menos. É muito estresse”.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube