F1

Mais rápido que Vettel, Leclerc aparece em primeiro na manhã do segundo dia de testes em Abu Dhabi

Charles Leclerc sobrou durante a manhã do segundo e último dia de testes pós-temporada da F1 em Abu Dhabi. O tempo de 1min36s559 significou uma liderança folgada para o novo ferrarista e o feito simbólico de ser mais rápido do que Sebastian Vettel
Warm Up / VITOR FAZIO, de Berlim
 Charles Leclerc em sua primeira aparição pela Ferrari (Foto: Reprodução/Twitter)
Não havia jeito melhor para Charles Leclerc iniciar a passagem pela Ferrari. O piloto monegasco, substituto de Kimi Räikkönen em 2019, teve o primeiro contato com o carro italiano nesta quarta-feira (28) e já começou liderando. Leclerc foi o mais na manhã do último dia de testes pós-temporada da Fórmula 1 em Abu Dhabi, superando por 1s4 os adversários mais próximos.
 
Leclerc cravou o tempo de 1min36s559. A marca foi suficiente para derrotar Pierre Gasly, segundo colocado com a Red Bull, mas também para conseguir um feito simbólico: ser mais rápido do que Sebastian Vettel no primeiro dia, quando alcançou 1min36s812. Apesar de significativo para um piloto que recém começa a caminhada em Maranello, o feito tem pouco valor prático por conta dos diferentes testes promovidos por equipes ao longo dos dias.
 
Atrás de Leclerc e Gasly, Lance Stroll voltou a causar uma boa impressão no começo da passagem pela Force India. O canadense foi o terceiro mais rápido da manhã, sendo apenas 0s07 mais lento do que o segundo colocado.
Charles Leclerc testa pela Ferrari em Abu Dhabi (Foto: Reprodução/Twitter)
Quem não empolgou tanto assim foi Valtteri Bottas: o finlandês foi quarto e 2s mais lento que Leclerc, consequência da decisão da Mercedes de não focar em voltas lançadas. O top-5 ainda teve Daniil Kvyat, que volta ao volante da Toro Rosso para dar o pontapé inicial em sua terceira passagem por Faenza.
 
A parte de trás da tabela conta com alguns nomes que causam empolgação para 2019. Carlos Sainz Jr. foi oitavo com a McLaren com um tempo 3s8 pior que Leclerc. Mas ninguém foi pior do que Robert Kubica: o polonês foi o mais lento, quase 3s8 pior que o piloto mais próximo e 7s6 distante do melhor tempo matinal.
 
Saiba como foi a manhã do segundo dia de testes em Abu Dhabi
 
A manhã começou morna, com poucos pilotos anotando voltas competitivas. Os primeiros 20 minutos foram gastos com voltas de instalação. Foi só após quase 30 minutos que Valtteri Bottas mudou o jogo, alcançando o razoável tempo de 1min39s299. Era uma volta bem mais lenta do que as vistas no primeiro dia de atividades, mas que já dava sinais de uma tendência de evolução de equipes e pilotos com o passar das horas.
 

Quem deu o próximo passo nesse sentido foi um dos estreantes do dia. Charles Leclerc, pela primeira vez com piloto da Ferrari, conseguiu baixar para 1min38s340, quase 1s mais rápido que Bottas. A discrepância inicial de performance entre os líderes era percebida também em Pierre Gasly, 1s7 mais lento que Leclerc, mesmo com Red Bull.
 
Com tempos ainda altos, logo ficou claro que a tabela estava suscetível a uma série de mudanças. A primeira foi Leclerc melhorando o tempo progressivamente, eventualmente chegando ao 1min36s915 para se isolar. Gasly também conseguiu melhorar para superar Bottas, anotando 1min37s976 – mais de 1s mais lento que Charles. O finlandês, aliás, parecia cumprir um cronograma diferente na Mercedes: passadas três horas de pista, o finlandês ainda não conseguia baixar da casa de 1min38s.
 
O fim da tabela de tempos, por sua vez, era uma área de progressos mais tímidos. Carlos Sainz Jr. ia melhorando aos poucos em sua primeira aparição pela McLaren, mas não a ponto de ir abaixo de 1min40s383, suficiente apenas para ser oitavo colocado. Pior ainda era a situação de Robert Kubica: agora titular da Williams, o polonês tinha como melhor tempo 1min44s208, nada menos do que 7s pior que o registro de Leclerc.
Robert Kubica ficou na lanterna com a Williams (Foto: Reprodução/Twitter)
Um bom exemplo de progresso era Lance Stroll. Depois de uma terça-feira que rendeu terceiro melhor tempo, o canadense começou a quarta-feira um pouco mais apagado. Depois de quase duas horas na parte de trás da tabela, o canadense encontrou 1min38s044 e subiu para segundo. Gasly melhorou em seguida e relegou a Force India ao terceiro lugar, mas nada que apague o bom momento.
 
A quarta hora de atividade matinal começou com um feito particularmente importante para Leclerc. O novo piloto da Ferrari conseguiu o tempo de 1min36s559, superando o tempo de Sebastian Vettel no dia anterior – 1min36s812.

O fim da manhã chegava e trazia junto um momento de maior calmaria. Enquanto algumas equipes já até adiantavam o almoço em meio a uma sessão sem pausa para tal, outras melhoravam os números de quilometragem. Para ser exato, duas: Toro Rosso e Sauber, respectivamente com Kvyat e Giovinazzi, eram as responsáveis por evitar que a pista ficasse deserta por completo.

1 C LECLERC Ferrari 1:36.559   59
2 P GASLY Red Bull Tag Heuer 1:37.976 +1.417 71
3 L STROLL Force India Mercedes 1:38.044 +1.485 53
4 V BOTTAS Mercedes 1:38.590 +2.031 88
5 D KVYAT Toro Rosso Honda 1:38.862 +2.303 72
6 A MARKELOV Renault 1:39.240 +2.681 72
7 L DELÉTRAZ Haas Ferrari 1:40.154 +3.595 60
8 C SAINZ JR McLaren Renault 1:40.383 +3.824 78
9 A GIOVINAZZI Sauber Ferrari 1:40.435 +3.876 64
10 R KUBICA Williams Mercedes 1:44.208 +7.649 39