Maldonado diz que futuro segue aberto e revela que pode deixar Williams ao final da temporada

Pontuando pela primeira vez após a vitória no GP da Espanha, o piloto venezuelano admite que está conversando com outras equipes, mas considera seguir na Williams na próxima temporada

Após triunfar no GP da Espanha, em maio, Pastor Maldonado passou por momentos ruins no campeonato e viu Bruno Senna, seu companheiro de Williams, se aproximar na tabela. Mas após dez provas, o venezuelano chegou na oitava colocação e quebrou o jejum.

Apesar da vitória e de ser o piloto mais bem colocado da equipe na tabela, Maldonado não garante sua permanência na Williams e afirma que seu futuro está aberto. “No momento, com certeza, há chances de ir para outras equipes”, confirmou.

“Mas nós estamos considerando continuar aqui, mas ainda é cedo para falar alguma coisa. Geralmente, a equipe confirma seus pilotos no final da temporada. Então, estamos conversando e negociando”, explicou.

Maldonado pontuou pela primeira vez após dez etapas (Foto: Red Bull/Getty Images)

Com o patrocínio da PDVSA, empresa estatal venezuelana especializada em exploração e comercialização de petróleo, é quase certa a presença de Maldonado na equipe na próxima temporada. E ele admite que não tem o que reclamar no ano em que conquistou sua primeira vitória.

“A PDVSA é uma companhia que conheço há muito tempo e vai ser muito bom [continuar com eles na Williams] porque nós temos um contrato e eles têm apoiado minha carreira desde sempre”, contou. “Na Venezuela, todos estão felizes por me ver na F1. Nós vencemos uma corrida neste ano, o que foi incrível para meu segundo ano na categoria”.

“Nós não temos o melhor carro, mas, ainda sim, vencemos. Nós estamos trabalhando muito duro no carro e, como todos sabem, tenho muita responsabilidade nesta equipe porque sou o principal piloto aqui”, disse. “É difícil aceitar que nós perdemos alguns pontos este ano, mas nunca é tarde para recuperá-los”.

Mas mesmo feliz com a equipe, Maldonado ressalta que tudo pode mudar na F1 em um breve espaço de tempo. “Este é um bom lugar para mim. Eu realmente me sinto bem aqui e acho que eles estão muito felizes comigo também, mas sabemos como é a F1. Isso pode mudar de um dia para o outro”, encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube