Maldonado vê esforço como lado positivo da primeira metade de 2015, mas lamenta falta de resultados

Fazendo um balanço da primeira metade de 2015, Pastor Maldonado viu lados positivos e negativos. O venezuelano acredita que seu “boletim do primeiro semestre” exaltaria o esforço – justamente aquilo que resta quando os resultados não vêm. Todavia, o piloto da Lotus pensa que o GP da Hungria pode mudar a situação

Pastor Maldonado somou 12 pontos nos primeiros nove GPs de 2015, um dos melhores começos de temporada da carreira do piloto da Lotus. Todavia, o venezuelano acredita que resultados poderiam ser melhores.
 
“Acho que o meu boletim do primeiro semestre diria algumas coisas boas sobre esforço, mas os resultados não vieram. Eu certamente acredito que vamos conseguir resultados melhores na segunda metade da temporada”, disse o confiante venezuelano.
Pastor Maldonado  pensa que Lotus pode conseguir resultados melhores (Foto: Getty Images)
Maldonado conseguiu pontuar duas vezes seguidas, feito raro em sua carreira, mas viu sua equipe terminar a última prova, em Silverstone, em baixa. Sem controle sobre o carro, a Lotus de Romain Grosjean acertou em cheio a lateral de Pastor. A dupla abandonou ainda na primeira volta.
 
Mas o GP da Hungria, a ser disputado no dia 26, promete bons resultados para o venezuelano.
 
“É um circuito bastante exigente para os pilotos, já que é frequentemente muito quente e temos poucas chances para ultrapassar. É um traçado de baixa velocidade e o E23 está se saindo bem em curvas de baixa velocidade. Vai ser interessante ver quão rápido seremos aqui”, analisou.
 
“Classificação é importante nesta pista por causa das poucas ultrapassagens, e me classifiquei bem por aqui no passado. Espero poder entregar uma boa performance”, concluiu.
 
Com 12 pontos, Maldonado é o 13º na classificação do Campeonato de Pilotos. Grosjean, décimo, soma 17.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube