Marcado pelas mortes do pai e de Senna, Hill confessa que se aposentou por medo: “Sabia que um acidente me esperava”

Damon Hill se aposentou da F1 após oito temporadas, 20 vitórias e um título mundial, em 1996. E se aposentou porque tinha medo de sofrer um acidente fatal. É o que ele mesmo afirmou em sua biografia, 'Watching the Wheels'

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Diferente do pai, Damon Hill não viveu numa era em que as mortes na F1 se acumulavam mês após mês. Mas ainda assim Damon, antes de ser o primeiro filho campeão mundial, era companheiro de Ayrton Senna no devastador final de semana do GP de San Marino, em 1994. Assim, Hill preferiu encerrar sua carreira em 1999, aos 39 anos de idade e quando ainda tinha espaço no grid. Segundo ele, por medo da morte.

 
A declaração foi feita na biografia recém-lançada por Damon, 'Watching the Wheels'. O campeão mundial de 1996 confessa que as mortes de Senna e de seu pai, Graham, na queda de um avião que pilotava, em novembro de 1975, o marcaram demais. 

Mesmo após oito temporadas no Mundial, Damon tinha a sensação de algo errado. "Sabia que um acidente me esperava em alguma curva. Achava que ia morrer, e foi por isso que eu me aposentei", disse.

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});
(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
 Williams20_II.jpg" title="Filho do mítico Graham, Damon Hill fez história com título mundial de F1 em 1996 (Foto: Williams))"/>

Filho do mítico Graham, Damon Hill fez história com título mundial de F1 em 1996 (Foto: Williams)
Apesar do medo, demorou 15 anos após a aposentadoria de Damon para que a morte voltasse a assombrar a F1: com Jules Bianchi, em 2014. Tempos bem diferentes de quando Graham precisou carregar os destroços da Lotus do então companheiro, Jim Clark, após o acidente fatal numa corrida da F2 em Hockenheim, em abril de 1968.
 
Hill estreou na F1 pela Brabham, em 1992, foi piloto da Williams entre 1993-96, e ainda passou pela Arrows, em 1997, e Jordan, em 1998-99. Foi dele, em 1998, a primeira vitória da história da equipe de Eddie Jordan. Na F1, Damon vencer 22 corridas e foi ao pódio 42 vezes. Ainda se consagrou a ser o primeiro filho de campeão a também conquistar a F1.
 
PADDOCK GP #45 COMENTA FIM DE SEMANA COM F1, INDY, MOTOGP E WEC

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube