Marko diz que Vettel “perdeu a fé na Ferrari”, mas torce por permanência na F1

Consultor da Red Bull, Helmut Marko não fechou completamente as portas do time para uma volta de Sebastian Vettel. Dirigente avaliou que a ausência do #5 no grid seria uma “perda enorme” para a Fórmula 1

Consultor da Red Bull, Helmut Marko acredita que Sebastian Vettel “perdeu a fé” na Ferrari. O tetracampeão da Fórmula 1 vai fazer em 2020 sua última temporada na escuderia de Maranello.

Marko foi um dos responsáveis pela chegada de Vettel à F1 e atuou ao lado de Sebastian na conquista dos quatro títulos consecutivos. Aos 32 anos, porém, Vettel faz sua turnê de despedida com o carro vermelho e ainda não anunciou seu próximo passo.

Marko não fechou as portas da Red Bull para Vettel (Foto: Divulgação)
Paddockast #67 | Barrichello melhor que Schumacher?
Ouça também: PODCASTS APPLE | ANDROID | PLAYERFM

Questionado pelo canal Sport1 sobre as chances de Vettel e da Ferrari em 2020, Marko respondeu: “Nunca podemos descartá-los. Mas tenho a impressão de que Sebastian não tem um carro para lutar pelo título neste ano. Espero estar errado. Pela empolgação da Fórmula 1, é certamente bom se mais de duas equipes lutam pelo título”.

Também, Marko afirmou que “não ficou realmente” surpreso com a saída de Vettel da Ferrari ao fim da temporada 2020. “Isso vinha acontecendo há alguns meses. Acho que, de alguma forma, ele perdeu a fé na Ferrari”, opinou.

Perguntado, então, se a saída de Vettel é resultado da chegada de Charles Leclerc, o dirigente de 77 anos respondeu: “Sim, mas não é só porque ele [Leclerc] é um talento. Tem muita política em torno de Leclerc e Vettel não gosta disso. Ele só quer pisar no acelerador, vencer corridas e não gastar energia desnecessariamente com política da equipe”.

“Só espero que a Ferrari dê a ele a oportunidade de provar suas habilidades em sua última temporada”, torceu.

Com o futuro de Vettel ainda incerto, o consultor da Red Bull avaliou que o #5 seria uma “perda enorme” para a F1, já que ele ainda é o mais jovem campeão.

“Queremos mudar isso agora com Max [Verstappen]”, brincou. “Falando sério, claro, seria uma enorme perda”, reconheceu.

“O mero rumor de que ele poderia guiar ao lado de Hamilton na Mercedes em 2021 criou um terremoto na imprensa. Isso diz tudo. Só estou preocupado de que Toto Wolff não faça isso”, comentou. “Aí Sebastian teria de tirar um ano sabático e pesar suas chances para 2022. Ele ainda é jovem o bastante para isso”, opinou.

Marko, porém, não vê lugar para Vettel na Red Bull. Pelo menos por enquanto.

“Temos contratos com Verstappen e [Alex] Albon. Esse é o estado das coisas no momento”, apontou. “No entanto, as coisas sempre podem mudar na Fórmula 1. Saberemos mais quando a temporada acabar”, concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO? Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.
Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.
Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube