Marussia vai confirmar que acidente de De Villota foi causado por “série de erros”, diz revista

De acordo com a revista germânica ‘Auto Motor und Sport’, a Marussia irá anunciar nos próximos dias que o acidente de María de Villota foi causado por uma “série de infelizes circunstâncias e erros”. Time acredita que “pânico” pode ter influenciado acidente na base aérea de Duxford

 

A revista germânica ‘Auto Motor und Sport’ revelou nesta quinta-feira (26) que a Marussia irá anunciar nos próximos dias que o acidente de María de Villota durante um treino aerodinâmico na base aérea de Duxford foi causado por uma “série de infelizes circunstâncias e erros”. No último dia 3, a espanhola colidiu com um caminhão da equipe inglesa que estava estacionado próximo à pista improvisada, onde o teste era realizado. No acidente, a pilota perdeu o olho direito e só teve alta do hospital na última quarta.
 
Em um comunicado emitido no último dia 16, o time anglo-russo descartou qualquer falha mecânica ou técnica no MR-01 guiado por María durante o acidente.
Marussia deve confirmar em breve as causas do acidente de De Villota (Foto: Marussia)
 
De acordo com a publicação alemã, a Marussia divulgará “nos próximos dez dias” um relatório completo sobre as circunstâncias do acidente, apontando que uma “séria de infelizes circunstâncias e erros” provocaram o choque entre o capacete da espanhola e a rampa de carregamento do caminhão.
 
A matéria da ‘Auto Motor und Sport’ indica que a trajetória de De Villota no caminho para os pits apresentava uma curva, resultante da dificuldade dela em localizar a alavanca da embreagem, já que o volante não estava em linha reta.
 
Ainda, a equipe acredita que o “pânico” ou “a ação errada no momento errado” tenham tido um papel fundamental na batida.
 
O boletim médico divulgado na manhã desta quinta pelo hospital madrilenho onde María estava internada informou que a pilota não sofreu nenhum trauma neurológico, apesar da gravidade do acidente.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube