Massa afirma que FW36 pode se tornar segundo carro mais veloz do grid da F1: “Não é impossível”

Felipe Massa se mostrou confiante no desempenho da Williams em 2014 e disse que a equipe pode ter o segundo carro mais veloz do grid da F1. O brasileiro abandonou a prova na Austrália, mas viu o companheiro de equipe fazer uma forte corrida de recuperação até o quinto posto

Opinião GP: prova em Melbourne confirma expectativa dos testes 


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Felipe Massa acredita que a Williams possui total condição de ter o segundo carro mais rápido do grid da F1, depois da performance apresentada no GP da Austrália, neste domingo (16). Embora tenha abandonado ainda na primeira curva a prova em Melbourne, depois de um acidente com Kamui Kobayashi, Massa se disse otimista, levando em conta principalmente o grande desempenho do companheiro Valtteri Bottas, que obteve um quinto posto após uma forte corrida de recuperação no Albert Park.

Questionado se a Williams é, de fato, a principal rival da Mercedes, o brasileiro disse que "não é impossível" e avaliou os demais concorrentes. “Vamos pegar a McLaren. Eles fizeram uma boa corrida, terminaram nos pontos com os dois carros e agora lideram o campeonato de construtores", disse.

Massa se mostrou otimista quanto à performance da Williams em 2014 (Foto: Getty Images)


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

"Eu diria que a Austrália era uma corrida onde poderíamos completar também na zona de pontuação com os dois carros e aí estaríamos em uma situação semelhante a da McLaren, talvez até na liderança", completou Massa.

"Tudo é possível agora. Olhando para o desempenho que temos em relação aos outros, eu diria que, no momento, a Mercedes é muito mais rápida na comparação com a gente, mas depois deles está tudo aberto e podemos estar nesse bolo", acrescentou.

Massa reconhece que as franquezas da Williams são a tração traseira, o downforce e a velocidade em condições de pista molhada, mas se mostrou confiante quanto às perspectivas para o restante da temporada.

"Estou muito feliz com o carro, para ser honesto. Estou contente com o desempenho que temos. Há ainda muito que melhorar. Você sempre pensa nas coisas que ainda não estão funcionando direito, porque perdemos muitas posições no grid, mas esse carro tem grande margem para melhora", afirmou.

"A equipe está trabalhando muito e acho que estamos em uma direção correta. Há muito que fazer ainda, mas tivemos um bom começo. Definitivamente, o carro é bem mais competitivo em corrida do que na classificação", encerrou.

 


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube