Massa analisa traçado austríaco e observa vantagens para Williams: “Pista que nosso carro pode se comportar bem”

Após melhor exibição da temporada no Canadá, Felipe Massa avalia prós e contras da Red Bull Ring para Williams e revela que equipe testará "minúsculas" atualizações

Na sequência de sua melhor exibição na temporada, embora tenha terminado na barreira de pneus, Felipe Massa acredita que a Willians também possa ter um bom comportamento no Red Bull Ring. É a primeira vez que a F1 vai ao circuito, e a primeira vez em 11 anos que passa na Áustria.
 
Massa disse que conhece a pista, que considera bem curta. Analisou como parecida ao traçado de Montreal em algumas partes, mas com curvas de alta – que não favorecem o carro da equipe de Grove – em outras. No geral, crê que o rendimento poderá ser bom.
Felipe Massa acredita que a pista austríaca pode ser boa para a Williams (Foto: Getty Images)
"Na verdade, eu já conhecia a pista, mas foi bom andar pelo traçado para relembrar um pouco. É um circuito muito bacana. Legal mesmo. Acho que será um prazer aqui, não só pelo início, com as curvas de baixa e freadas fortes, mas também acho que depois tem uma parte boa com curvas de alta velocidade. Eu gostei mesmo. Na verdade, é uma pista muito curta. Eu acho que os tempos de volta ficavam em torno de 1min08s, 1min09s, 1min10s. Então, vai ser uma pista pequena e espero que a gente tenha também um carro competitivo aqui", desejou. 
 
"Acho que pode ajudar um pouco mais. Eu acho que é uma pista que o nosso carro pode se comportar bem. Tomara", seguiu.
 
"Com relação à pista especificamente, aqui tem algumas retas. Duas ou três.  São três retas e meia, que não são tão curtas assim. E freadas fortes. É uma situação que não é tão diferente daquilo que nós vimos no Canadá. E aí a gente tem uma parte de curvas de alta, que não é o ideal para o nosso carro, mas fazendo uma avaliação geral, eu acho que podemos ter um carro bom sim aqui. Não sei se exatamente como foi no Canadá, mas competitivo", analisou, perguntado pelo GRANDE PRÊMIO
 
O piloto ainda contou que a equipe chefiada por Claire Williams leva a Spielberg algumas pequenas atualizações. Mas pequenas, de verdade. "Minúsculas", segundo Massa. 
 
"Nós temos algumas coisinhas, mas ainda é muito pouco. Na verdade, nem deveria ter coisas novas para essa pista, mas nós conseguimos trazer algumas coisinhas, mas são coisas muito minúsculas", falou. 

GRANDE PRÊMIO cobre 'in loco' o GP da Áustria, oitava etapa do Mundial de F1, com a repórter Evelyn Guimarães. Para acompanhar todo o noticiário, clique aqui.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube