F1

Massa cita problema com pneus Áustria e lamenta pior posição de largada no ano: “Não é uma situação fácil”

Felipe Massa não tem apresentado o melhor dos desempenhos neste final de semana na Áustria. Na classificação deste sábado (8), o brasileiro cravou a marca de 1min06s534, não conseguiu sequer avançar ao Q2 e conquistou sua pior posição de largada desde o GP da Hungria de 2016

Warm Up / Redação GP, de São Paulo
O final de semana de Felipe Massa na Áustria tem se mostrado bastante difícil. Na classificação deste sábado (8), o piloto fez o tempo de 1min06s534 e sequer conseguiu seguir para o Q2, ficando com a 17ª posição de largada.
 
A sexta-feira do brasileiro já vinha mostrando que a Williams passava por dificuldades no Red Bull Ring. Após os treinos iniciais, o competidor fechou o dia apenas na 14ª colocação, alegando que seu carro não estava bom.

O titular do #19 já teve desempenho bem melhor na Áustria, pois em 2014 conquistou a pole-position para a prova. Essa é sua pior posição no grid desde o GP da Hungria do ano passado, quando largou em 18º de 22 carros.
Felipe Massa (Foto: Reprodução)
Ao explicar a situação, Felipe se mostrou bastante frustrado com o resultado. “Bom, na verdade, estamos com um problema sério de fazer os pneus funcionarem da maneira correta, falta aderência, estamos sofrendo durante todo o final de semana. Com tanque vazio e pneu novo, é um problema sério”, explicou.
 
"Agora deve ter quebrado alguma coisa na minha asa traseira, eles trocaram e eu saí no último momento. Consegui fazer a volta, mas acabei dando uma traseirada forte em uma curva e não foi o suficiente passar para o Q2, uma pena. Amanhã lógico é o que conta, mas largar onde estamos largando sem dúvida não é uma situação fácil”, seguiu.
 
O piloto ainda afirmou que o desempenho do carro pode melhorar na corrida, mas que a situação é bastante difícil. “Sim, o desempenho do carro pode ser melhor amanhã, mas largar tão atrás assim é difícil, a ultrapassagem não é fácil, mas vai saber, pode chover, alguma coisa pode acontecer e podemos ter a chance de chegar na posição ideal”, encerrou.