Massa não esconde entusiasmo e afirma que início de temporada foi "dez vezes melhor" do que em 2012

Felipe Massa não escondeu o entusiasmo com bom início de temporada vivido em 2013 e afirma que performance está "dez vezes melhor" do que a do último ano

 

Massa passa Alesi e tem maior jejum da Ferrari na história da F1

O desempenho apresentado em Melbourne, no último fim de semana e que marcou o início da F1 em 2013, foi bastante comemorado por Felipe Massa. Depois de um começo desastroso em 2012, o brasileiro da Ferrari não escondeu o entusiasmo com a performance no Albert Park e afirmou que a primeira etapa da temporada, desta vez, foi "dez vezes melhor" do que a do último ano.

Com todo o drama vivido na classificação por conta da tempestade que atingiu a pista no sábado, o grid só foi definido no domingo, horas antes da corrida. Felipe obteve o quarto posto, uma posição à frente do companheiro Fernando Alonso. Na corrida australiana, Massa também teve desempenho próximo ao dos ponteiros, especialmente na primeira parte da prova, mas finalizou em quarto, depois de ter feito uma estratégia diferente da do colega espanhol.

Massa iniciou o ano com um quarto lugar no GP da Austrália (Foto: Studio Colombo/ Ferrari)

Quando questionado sobre a performance em Melbourne, Felipe declarou sem hesitar. "Foi dez vezes melhor", disse. "A forma como eu comecei a temporada passada não tem como comparar com a maneira como iniciamos agora. Eu me sinto muito melhor com relação ao carro. É como se guiasse no piloto automático. Eu me sinto mais confiante, confortável com o carro e mais relaxado", completou.

Em 2012, Massa viveu uma primeira fase de campeonato bastante tensa e com resultados fracos. Porém, o brasileiro reagiu, se mostrou consistente e completou nos pontos todas as últimas oito corridas, com direito a pódio no Japão e em Interlagos. "Acho que a situação agora é muito melhor. É muito mais positiva", contou.

Embora a Ferrari não alimente qualquer ilusão sobre uma eventual queda de rendimento da Red Bull, Massa insistiu em dizer que a equipe italiana fez um grande trabalho para tornar a F138 um carro mais veloz e equilibrado. "Não estou fazendo uma comparação com os carros que estão à frente, como a Red Bull, por exemplo. Eu estou comparando com carros como Force India e Williams, porque no ano passado nós perdíamos para esses carros na classificação. E agora não mais, e isso é muito bom", explicou.

"Esse desempenho mostra que demos um grande passo à frente em relação ao ano passado, assim como a Red Bull, mas isso também revela que estamos trabalhando na direção certa", acrescentou.

 
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube