Massa revela que não viu marcação do grid na Hungria, e Williams já cogita elevar banco para evitar novo erro

Felipe Massa revelou que não conseguiu ver a marcação da linha amarela no colchete do grid do GP da Hungria, por isso a Williams já procura uma solução e cogita até elevar a posição do banco do piloto. O brasileiro entende, por sua vez, que talvez a linha tenha sido colocada de maneira diferente na comparação com outras pistas

A Williams pode ter de ajustar a posição do banco de Felipe Massa depois do incidente da largada do GP da Hungria, na prova disputada no último domingo (26). O brasileiro alinhou incorretamente o carro no colchete do grid, e o início da corrida precisou ser adiado e um novo alinhamento dos carros foi determinado pela direção de prova. Massa ainda tomou uma punição de 5s no pit-stop pelo erro.

Dentro do colchete, ainda há uma linha amarela que ajuda o piloto a posicionar corretamente o carro, mas Massa revelou que não conseguiu ver a marcação e acabou colocando o FW37 #19 na posição errada.

O NOVO PROJETO DO GRANDE PRÊMIO

Flavio Gomes: nossos patrões — os detalhes do projetoColabore com o projeto e ganhe uma camiseta da Red Bull"Valtteri Bottas disse que não teve nenhum problema para ver a marcação. Então, teremos de analisar isso e ver se precisaremos elevar ligeiramente o banco de Felipe ou adotar até um processo diferente ", disse Rob Smedley, engenheiro-chefe da Williams aos jornalistas em Hungaroring após a prova.

Felipe Massa foi punido por aliar errado o carro no grid (Foto: AP)

"Não acho que ele seja menor que Bottas, mas talvez a questão esteja no tamanho da cabeça, talvez os olhos estejam em uma linha diferente em relação ao topo da cabeça. A pista não é marcada por subidas ou descidas, mas ele apenas disse que não conseguiu ver", completou.

"Mesmo quando ele voltou ao grid, quando dissemos qual era o problema, ele sabia que não conseguia ver e preferiu alinhar antes que depois, pois temia uma punição", acrescentou o inglês.

"Então, ele realmente tentou uma manobra evasiva e, depois, quando voltou ao grid, ele meio que adivinhou onde estava, sabia que estava longe, nós dissemos o quanto e ele apenas moveu o carro para frente", emendou Smedley.

Falando sobre o incidente, Massa sugeriu que talvez a linha amarela tenha sido colocada de maneira diferente no traçado húngaro, já que nunca enfrentou esse tipo de problema anteriormente. "Não sei se a linha amarela estava em um lugar diferente nesta pista em relação a outros circuitos", afirmou o piloto da Williams.

"É algo que precisamos melhorar para seja padrão em todas as corridas. Eu não consegui ver e, normalmente, não tenho nenhum problema com isso em outras pistas", garantiu.

Depois da punição, Massa ainda teve uma corrida tumultuada e acabou terminando fora da zona de pontuação, na 12ª colocação.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube