Massa se emociona com carinho dos fãs após anunciar aposentadoria da F1 em Monza: “Foi incrível”

Felipe Massa recordou os momentos que viveu antes, durante e depois do anúncio de que a temporada 2016 vai ser sua última como piloto de F1. Desde a escolha de Monza para contar ao mundo do esporte sua decisão e, sobretudo, o carinho recebido por parte dos fãs, algo que o emocionou muito

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

O fim de semana do GP da Itália de F1 foi marcado muito mais por assuntos extra-pista do que propriamente pela ação durante a corrida em Monza, por exemplo. Felipe Massa, na última quinta-feira (1), surpreendeu o mundo do esporte ao anunciar que a temporada 2016 será a sua última como piloto de F1, confirmando a aposentadoria da categoria ao fim do campeonato. Na esteira de tudo isso, o brasileiro recebeu muito carinho de pessoas ligadas ao esporte e, sobretudo, dos seus fãs, tanto em Monza como ao redor do mundo, com muitas mensagens por meio das redes sociais. E todas as manifestações de apreço fizeram Massa se emocionar.
 
Em coluna escrita para o site norte-americano ‘Motorsport.com’, Massa recordou os momentos que viveu antes, durante e depois do anúncio de que vai se aposentar da F1 e se mostrou bastante feliz com o carinho recebido de todas as pessoas envolvidas com o esporte tão logo revelou ao mundo a sua decisão.
 
“Agora eu posso confessar: cheguei para o GP da Itália bastante nervoso. Tudo o que eu poderia pensar era sobre o que eu poderia dizer na coletiva de imprensa de quinta-feira para anunciar minha aposentadoria da F1. Incrivelmente, fiquei muito mais nervoso do que fico antes da largada de uma corrida. Mas eu acho que foi o que eu esperava porque nunca tinha anunciado minha aposentadoria da F1. Então eu não tinha como saber como reagiria, como lidar com minhas emoções ou qual seria a reação de todos os que estavam ali presentes”, contou o veterano de 35 anos.

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

Felipe Massa foi exaltado pelos fãs tão logo tornou pública sua decisão de se aposentar da F1 (Foto: Beto Issa)
“A primeira resposta veio quando eu entrei no motorhome que a Williams havia preparado especialmente para a ocasião. Eu vi muitos rostos familiares, muito mais do que eu poderia imaginar e, acima de tudo, vi pessoas que, como eu, estavam empolgadas. Havia jornalistas, pessoal do staff, amigos e pessoas presentes que fazerem seu trabalho, mas também para me cumprimentarem com grande afeto”, lembrou Felipe.
 
Massa revelou ter ficado impressionado com a forma como foi tratado desde então. “O mundo da F1 nem sempre é fácil, com uma competição muito intensa, mas no fim do meu discurso eu ouvi um aplauso como nunca tinha ouvido antes. Isso me entusiasmou ainda mais, e devo dizer que isso foi algo que eu não tinha visto antes. Eu me senti muito privilegiado.”
 
O brasileiro também falou sobre a decisão de anunciar ao mundo que vai se aposentar da F1. A escolha de Monza não foi por acaso: não somente porque seu amigo e ídolo Michael Schumacher havia escolhido o circuito italiano para comunicar sua primeira aposentadora há exatos dez anos.
 
“Havia também outro aspecto que eu não tinha considerado quando escolhi Monza para comunicar oficialmente a decisão de me aposentar. A motivação inicial era relacionada a Michael Schumacher, como expliquei na semana passada, mas também para a decisão tomada no fim de 1999, quando deixei o Brasil para continuar minha carreira nos monopostos. Fiz a escolha de focar na Itália quando todo mundo estava indo para a Inglaterra. No meu caso, isso acabou sendo a escolha certa porque, num curto espaço de tempo, tinha assinado com o programa de jovens pilotos da Ferrari, o que, por alguns anos, tinha sido um segredo. Então devo muito à Itália: especialmente porque minha família é de descendentes italianos. A escolha de Monza foi perfeita”, destacou o paulista.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Por fim, Massa exaltou os fãs e não escondeu a emoção pela maneira como foi tratado logo que tornou pública sua decisão de encerrar a carreira ao fim do ano. “Uma coisa que eu não tinha pensado antes é que Monza, quando você entra e sai do paddock da F1, você se encontra muito próximo aos fãs. Em todo o fim de semana, eu vivi momentos muito bonitos.”

 
“As pessoas me pediam autógrafos, fotos, e acima de tudo, disseram coisas bacanas sobre mim. Tudo isso foi incrível de ouvir, vindo de pessoas que você não conhece pessoalmente, mas de alguma forma tem um impacto muito forte. Foi um prazer estar com eles e gostaria de agradecer a todos os fãs que esperaram por horas para me ver e aos outros pilotos, mesmo que por apenas um minuto”, concluiu.
PADDOCK GP #45 COMENTA FIM DE SEMANA COM F1, INDY, MOTOGP E WEC

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube