Massa vê Ferrari em condições de lutar pelo título e fala em vitória como meta no GP da China

Confiante no trabalho de evolução da F138, Felipe Massa acredita que a Ferrari seja uma das equipes em condições de lutar pelo Mundial. Longe da má fase que marcou suas últimas temporadas, brasileiro mira pódio e luta pela vitória neste fim de semana

Longe dá má fase que marcou suas últimas temporadas na F1, Felipe Massa iniciou 2013 exibindo uma ótima forma. Andando constantemente na frente de Fernando Alonso, seu companheiro de equipe, o brasileiro comemora a evolução da F138 ao longo de inverno e confia nas chances da Ferrari de lutar pelo título de 2013. Confiante no seu potencial, Felipe disse que é preciso pensar em "grandes desafios" e, por isso, tem como grande meta para o fim de semana a vitória no GP da China.
 
“Sei que só fizemos duas corridas, mas tenho uma boa sensação para esta temporada até aqui”, disse Felipe. “O trabalho que fizemos com o F138 ao longo do inverno nos colocou na direção certa e o carro tem muito mais potencial”, opinou. 
 
“É claro, eu sempre quero lutar pela vitória, apesar de isso não ter acontecido nas duas primeiras corridas, mas os sinais eram bons, com um excelente ritmo de corrida, e agora nós temos de seguir em frente, corrida após corrida”, continuou. 
Massa espera alto desgaste de pneus em Xangai (Foto: Ferrari/ Studio Colombo)
Na visão de Massa, mais de duas equipes têm condições de brigar pelo título de 2013, incluindo a equipe de Maranello. “Tudo que posso dizer é que há, definitivamente, mais do que dois times que são capazes de lutar por vitórias e pelo campeonato”, avaliou Felipe. “Nosso time é um deles.”
 
“O carro tem avançando na direção correta e entregando os resultados que esperávamos quando vimos os dados no túnel de vento e na fábrica”, considerou. “Em Melbourne nós tivemos um carro capaz de vencer e na Malásia o carro era competitivo outra vez, mesmo que as condições tenham transformado a corrida em uma loteria.”
 
Às vésperas do GP da China, que acontece neste domingo, Massa destacou que a equipe italiana está pronta para a disputa em Xangai e ressaltou que será importante ter um carro veloz e com muito downforce. 
 
“Nós estamos bem preparados para a China e teremos as atualizações que esperávamos trazer conosco para Xangai, depois de trabalhar na fábrica e no simulador na última semana”, afirmou. “Espero que isso resulte em mais melhorias na performance na pista”, comentou o brasileiro. 
 
“Xangai é uma pista muito boa, com uma variedade de tipos de curvas e retas rápidas, então você definitivamente precisa de um carro que funcione bem nos setores rápidos, mas você também precisa ter muito downforce para lidar com as curvas mais apertadas”, ponderou. "Podemos esperar uma alta degradação dos pneus, especialmente os dianteiros”, previu Felipe. 
 
“A meta é lutar por muito mais pontos, por um pódio, até mesmo por uma vitória, porque você tem de estabelecer grandes desafios”, concluiu. 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube