Massa vê Ferrari "um pouco brasileira" e realiza sonho de guiar no Rio: "Não tinha lugar melhor"

Em entrevista coletiva realizada na tarde deste sábado (9), Felipe Massa comemorou a chance de guiar F10 nas ruas do Rio de Janeiro. Apoiado por empresa nacional, piloto afirmou que equipe também é um pouco brasileira

Antes da estreia da temporada 2013 da F1, Felipe Massa terá a chance de voltar ao cockpit da Ferrari. Neste domingo (10), o brasileiro vai guiar a F10, modelo usado em 2010, nas ruas do Rio de Janeiro. Organizado por um dos patrocinadores da escuderia italiana, o TNT Street Race será realizado no Aterro do Flamengo e a expectativa é que reúna cerca de 100 mil pessoas.

Em uma entrevista coletiva realizada no fim da tarde deste sábado em um hotel em Copacabana, Massa se disse animado com a oportunidade e avaliou que guiar nas ruas do Rio é a realização de um sonho. 

Massa vai guiar o carro de 2010 no Aterro do Flamengo neste domingo (Foto: Miguel Costa Jr.)
“É a realização de um sonho ter a chance de guiar o meu carro de F1, a Ferrari, nas ruas do Rio de Janeiro”, resumiu Felipe. “Não tem empolgação maior do que você guiar um carro que você guia nas pistas do mundo inteiro no seu país, nas ruas, com o público curtindo junto com você, fazendo barulho”, comentou. 
 
“É uma emoção muito grande e eu acho que não tinha lugar melhor do que o Rio de Janeiro para fazer um evento tão bacana como este”, elogiou. “Sem dúvida, é um evento que eu nunca vou esquecer”, garantiu. “Eu estou muito, muito empolgado para fazer esse evento maravilhoso.”
 
Felipe também falou sobre a importância do apoio da marca brasileira e ponderou que, apesar de italiana, a equipe de Maranello também é um pouco brasileira. Ciente do difícil momento vivido pela Espanha, Massa também lembrou o suporte dado pelo mercado brasileiro ao Banco Santander, um dos patrocinadores mais importantes da escuderia. 
 
“A Ferrari é uma equipe italiana, de fora, mas, na verdade, não é. É uma equipe italiana, mas que tem um patrocínio muito, muito importante. Uma empresa muito, muito grande patrocinando a Ferrari, que é a TNT”, ponderou. “[Isso] mostra que a Ferrari é um pouco brasileira também. Não só com essa ajuda da TNT, mas a Ferrari também pertence a uma marca, que é a Fiat, e, talvez, o mercado mais importante da Fiat seja o Brasil”, continuou.
 
“A maioria das pessoas acaba esquecendo, mas a Fiat agradece e trabalha muito em cima do mercado brasileiro. Não só a Fiat, como o Santander. O Brasil, talvez, venha ajudando muito o Banco Santander a crescer e evoluir, então mostra que a Ferrari é uma marca italiana, só que tem muito do Brasil dentro dessa marca”, considerou. 
Além da demonstração de Massa, o evento contará com a presença de outros atletas apoiados pela marca dos energéticos, entre eles o paraquedista Luigi Cani, e a equipe de Gilmar Flores, estrela do motocross Freestyle brasileiro. 
 
“A estrutura do evento foi toda planejada segundo as várias plataformas que nós estamos trabalhando com a marca TNT, com o nosso energético, que tem a ver com esportes radicais, esportes de emoção”, explicou Douglas Costa, diretor de mercado do Grupo Petrópolis. “O ponto alto deste evento é a exibição do Felipe com o carro de F1, mas a gente incrementa ainda com demonstração de motocross freestyle com a equipe do Joaninha, que é patrocinado TNT. Acho que ele vai poder trazer muitas manobras interessantes para gente poder ver, para agitar o público”, continuou. 
 
“Também, durante o evento, nós vamos ter a participação do Luigi Cani, que é nosso atleta, um paraquedista e que vai fazer um salto especial, que, com certeza, vai surpreender todo mundo”, continuou. “Nós vamos ter um Ferrari Parade. Em torno de 34 Ferraris de rua vão estar desfilando também, fazendo uma parada e mostrando para todo mundo a beleza dos carros da Ferrari. Aí a própria demonstração do Felipe, que é o que vai realmente ser o ponto alto do evento”, completou. 

A programação do TNT Street Race começa às 9h30 deste domingo, em um circuito de 2,8 km de extensão que foi montado na Avenida Infante Dom Henrique, no bairro do Flamengo, zona sul do Rio do Janeiro. A entrada é franca. 

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube