Verstappen admite que trocaria #33 pelo #1 se levar título em 2021: “Oportunidade única”

Se levar o título da Fórmula 1 em 2021, Max Verstappen confessou que aproveitaria a "oportunidade única" e trocaria o #33 pelo #1

MERCEDES ENTREGA OS PONTOS NA F1 2021? MAZEPIN É EXPULSO DE BALADA? | Paddock GP #265

Piloto com mais vitórias, mais pole-positions, mais pódios nesta temporada e líder do Mundial, Max Verstappen trilha um caminho forte rumo ao seu primeiro título mundial de Fórmula 1. E se conquistá-lo, o holandês não nega: trocaria o #33, número com o qual iniciou sua carreira na categoria em 2015, pelo #1 em seu carro.

“Quantas vezes você vai ter a oportunidade de guiar com o #1?”, disse Verstappen, em entrevista coletiva nesta quinta-feira (11), às vésperas do GP de São Paulo. “E é bom para propagandas também, então é inteligente fazer isso”, acrescentou.

Vale lembrar que apenas o campeão mundial da F1 em vigência pode ter o privilégio de usar o #1, número utilizado pelo última vez por Sebastian Vettel em 2014, após a conquista de seu tetracampeonato mundial. Lewis Hamilton também teve várias oportunidades de vestir seu carro com o #1, mas preferiu continuar com seu já marcado e conhecido #44.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Max Verstappen gostaria de usar o número #1 se levar o título de 2021 (Foto: Red Bull Content Pool)

LEIA TAMBÉM
+As corridas do fim de semana na TV e no streaming: 12 e 14 de novembro

No entanto, ainda faltam quatro corridas para o piloto da Red Bull ter a oportunidade de usar o #1. Mesmo com uma vantagem de 19 pontos sobre Hamilton, Max afirma que é preciso manter o objetivo de toda a temporada: continuar a vencer corridas.

“Em quatro corridas, muitas coisas podem acontecer. Estamos bem, mas as coisas podem mudar rapidamente. Eu disse isso depois da corrida no México, já tinha uma vantagem maior no campeonato e isso desapareceu em duas corridas”, explicou ele.

“Por isso, temos de tentar fazer o melhor que podemos aqui e, após este fim de semana, tentarmos novamente vencer outra corrida. Minha abordagem todo fim de semana será a mesma, não vamos mudar isso”, concluiu.

O GRANDE PRÊMIO acompanha o GP de São Paulo ‘in loco’ em Interlagos com os jornalistas Fernando Silva e Gabriel Curty, além de toda equipe de maneira remota. O GP também segue todas as atividades de pista do fim de semana AO VIVO e EM TEMPO REAL.

FÓRMULA 1 EM SP: MERCEDES E RED BULL SE CUTUCAM | Paddock GP #266

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar