Verstappen celebra 1º lugar em “corrida muito louca” no GP do Canadá: “Adorei!”

Em corrida totalmente imprevisível no circuito Gilles Villeneuve, Max Verstappen despachou rivais e conquistou a sexta vitória na temporada 2024 da Fórmula 1, ampliando vantagem na liderança do Mundial de Pilotos

Faça chuva ou faça sol, Max Verstappen mostrou mais uma vez que nem mesmo a fase ruim da Red Bull nas últimas corridas conseguiu fazer o atual tricampeão perder terreno para os rivais. Em um GP do Canadá totalmente imprevisível, o neerlandês viu a liderança ser ameaçada pelo segundo safety-car causado pelo incidente entre Carlos Sainz e Alexander Albon, mas foi capaz de abrir nova vantagem em relação a Lando Norris e conquistou a sexta vitória da temporada 2024 da Fórmula 1.

Com pista molhada, Verstappen largou bem e se manteve na segunda colocação, acompanhando George Russell de perto durante as primeiras voltas. O companheiro de Sergio Pérez chegou a perder posição para Norris, mas um erro de estratégia da McLaren durante o primeiro safety-car custou caro para o #4, que viu o dono do RB20 #1 assumir o primeiro posto para não perder mais.

“Foi uma corrida muito louca, muitas coisas estavam acontecendo. Tínhamos de estar atentos às nossas decisões”, disse Verstappen após prova no circuito Gilles Villeneuve, antes de elogiar a equipe de Milton Keynes pela estratégia adotada nos momentos cruciais da etapa.

“Como equipe, fomos bem hoje. Permanecemos calmos, paramos nos boxes no momento certo. O safety-car funcionou bem para nós, mas mesmo depois disso, estávamos administrando as vantagens muito bem”, continuou.

Max Verstappen segurou pressão dos rivais e aumentou vantagem no campeonato (Foto: Red Bull Content Pool)

:seta_para_frente: Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
:seta_para_frente: Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

“Adorei! Foi muito divertido. Precisamos ter esse tipo de corrida de vez em quando”, finalizou Max.

Com o resultado, Verstappen somou mais 25 pontos e agora totaliza 194 no Mundial de Pilotos, ampliando a vantagem em relação ao segundo colocado, Charles Leclerc — que abandonou —, para 56 tentos. A Red Bull, por sua vez, alcançou 301 pontos no Mundial de Construtores, enquanto a Ferrari, segunda colocada, estacionou em 252.

Fórmula 1 volta entre os dias 21 e 23 de junho, em Barcelona, com o GP da Espanha, décima etapa da temporada 2024.

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.