Verstappen espera apoio do ‘mar laranja’ e dificuldades de ultrapassar em Zandvoort

Com a expectativa de 70 mil pessoas nas arquibancadas, Max Verstappen se diz "ansioso" pelo GP da Holanda e espera triunfar em frente ao 'mar laranja'

Assista aos melhores momentos do GP da Bélgica deste domingo (Vìdeo: GRANDE PRÊMIO com Reuters)

Depois da confusa não-corrida do GP da Bélgica, a próxima parada da Fórmula 1 é o GP da Holanda. Em frente a um público de 70 mil pessoas, a maior categoria voltará ao histórico circuito de Zandvoort após 36 anos — a última etapa do Mundial disputada lá foi em 1985. E Max Verstappen mal pode esperar pela corrida. O piloto da Red Bull explica que não só está animado para ver o ‘mar laranja’ nas arquibancadas, como também estrear no modificado traçado holandês.

“Estou ansioso pela corrida de Zandvoort. Será especial fazer uma corrida na Holanda na frente da minha torcida, mas também como piloto é um bom desafio ir para um novo circuito. Quanto à pista, pode ser um pouco difícil de ultrapassar, mas acho que os tempos de volta podem compensar”, disse Verstappen, em comunicado oficial da Red Bull.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

LEWIS HAMILTON; MAX VERSTAPPEN; GP DA BÉLGICA; FÓRMUA 1;
Lewis Hamilton e Max Verstappen estão separados por apenas 3 pontos no Mundial de Pilotos (Foto: Peter Fox/Getty Images/Red Bull Content Pool)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

O dono do carro #33, no entanto, já correu em Zandvoort. Ainda quando estava na Fórmula 3 Europeia, em 2014, o piloto disputou a Masters of F33, uma corrida fora do campeonato para carros que estão dentro do regulamento da categoria. Lá, na 24ª edição do evento, Verstappen, com apenas 16 anos, foi o pole-position e venceu a prova. Agora, de volta ao seu país, o piloto espera poder triunfar novamente, com todas as mudanças feitas no circuito, e não ser apenas conhecido como o filho ex-piloto de Fórmula 1, Jos Verstappen.

“Eu só fiz uma corrida em Zandvoort e foi em um carro de Fórmula 3. Naquela época eu era conhecido como ‘filho de Jos Verstappen’, mas agora vai ser o contrário”, brincou ele. “Tudo [no circuito] mudou desde então, com algumas curvas sendo alteradas. Já no carro de F3, as curvas eram realmente agradáveis ​​e muito rápidas, então estou animado para correr novamente no carro de F1 com ainda mais aderência”, acrescentou.

Em uma disputa acirrada com Lewis Hamilton, Verstappen está a apenas três pontos do heptacampeão no Mundial de Pilotos, além de ter conquistado sua 16ª pole-position na F1 no último fim de semana. Com um bom carro, o holandês acredita que pode ter uma vantagem correndo em casa, sobretudo se tiver um álibi importante na corrida: a torcida.

“Foi incrível ver tantos fãs nos apoiando na Áustria e na Bélgica. Espero que possamos dar um bom show para todos nas arquibancadas neste fim de semana”, explicou o piloto.

“As voltas na classificação serão muito rápidas lá, então qualquer erro vai custar muito caro. Como a corrida foi cancelada no ano passado, tudo neste ano será ainda mais especial, e é claro que seria incrível vencer na frente do mar laranja”, concluiu.

A Fórmula 1 retorna em Zandvoort entre os dias 3 e 5 de setembro com o GP da Holanda, a 13ª etapa da temporada.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar