Verstappen minimiza acidente no TL2 e ressalta início positivo na Bélgica: “Bem feliz”

Segundo mais rápido pela manhã e o melhor da tarde e também no combinado das duas sessões, Max Verstappen fim da atividade da tarde. Nada que o preocupe

Confira um resumo do que aconteceu na sexta-feira do GP da Bélgica (Vídeo: GRANDE PRÊMIO)

É possível dizer que Max Verstappen foi o protagonista dos trabalhos de pista da Fórmula 1 nesta sexta-feira (27) em Spa-Francorchamps, palco do GP da Bélgica, 12ª etapa da temporada 2021. Segundo mais rápido no treino livre pela manhã, o holandês registrou 1min44s472 no TL2, realizado à tarde, e garantiu a melhor marca do dia. Mas o vice-líder do campeonato também chamou a atenção pelo acidente que sofreu quando restavam cerca de 2 minutos para o fim da sessão. Nada que o preocupe, ao menos por enquanto.

No fim das contas, Verstappen se mostrou bastante feliz com o desempenho ao longo do dia, quando a Red Bull providenciou mudanças no acerto. Um dos pontos focados pela Red Bull foi na asa traseira: o holandês acelerou com menos downforce no carro para ter mais condições de medir forças com a Mercedes.

LEIA TAMBÉM
+Red Bull renova e mantém Pérez ao lado de Verstappen para temporada 2022 da F1
+Mick presta homenagem e usa capacete em alusão à estreia de Michael Schumacher na F1
+Aston Martin pôs combustível demais e deu ordem para Vettel queimar: o erro na Hungria

MAX VERSTAPPEN; GP DA BÉLGICA; TREINO LIVRE 2;
Max Verstappen foi o mais rápido do TL2, mas sofreu acidente no fim da sessão (Foto: Fórmula 1/Twitter)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Verstappen entende que a primeira impressão deixada nesta sexta-feira foi muito boa. “Ficamos felizes com o dia como um todo. Claro que houve algumas coisas para ajustar do primeiro para o segundo treino, mas, no geral, fiquei bem feliz. É um começo positivo”, disse o piloto em entrevista à emissora britânica Sky Sports.

Max também destacou o equilíbrio do carro quando trabalhou com menos asa e quando a Red Bull providenciou a mudança, ao longo da sessão, para Max acelerar com mais arrasto aerodinâmico. “Não mudei nada no meu carro com as asas. Fiquei feliz com o que tinha”.

Sobre a previsão de chuva para a sequência do fim de semana em Spa-Francorchamps, Verstappen entende estar diante de uma grande incógnita.

“Há pequenas coisas a levar em conta em relação ao clima. Difícil dizer [sobre o ritmo] no molhado, até porque até agora não pilotamos pra valer com a pista assim. Mas acho que todos os dias vão ser um pouco como hoje. Então, definitivamente, vai ser bem interessante”, comentou.

Por fim, quando questionado sobre o que aconteceu no momento do acidente, Max se mostrou tranquilo. “Não sei. Acabei por perder a traseira. Escapei um pouco demais de traseira para corrigir e, infelizmente, bati no muro”, relatou.

A Fórmula 1 retoma os trabalhos de pista neste sábado com o treino livre 3, a partir de 7h (de Brasília), enquanto a classificação está marcada para 10h. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades de pista do GP da Bélgica AO VIVO e em TEMPO REALSiga tudo aqui.

NA VOLTA DA F1, RED BULL CHORA POR VERSTAPPEN E PÉREZ, E MERCEDES CALA BOTTAS E RUSSELL | GP às 10

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar