Verstappen voa e fecha segundo treino livre na ponta em Miami. Leclerc bate

Max Verstappen não enfrentou qualquer dificuldade para comandar as ações em Miami na tarde desta sexta-feira (5). O holandês impôs quase 0s4 em cima da Ferrari de Carlos Sainz. E como se não bastasse, Charles Leclerc provocou uma bandeira vermelha na parte final das ações

Max Verstappen não deixou a liderança escapar desta vez. O holandês comandou as ações no segundo treino livre do GP de Miami e reafirmou a condição de favorito do fim de semana norte-americano da Fórmula 1. O bicampeão se mostrou veloz a cada saída de pista e não cometeu erros, deixando claro ainda que tem um ritmo fortíssimo para a classificação deste sábado (5). A melhor volta ficou em 1min27s930 — 0s385 melhor que Carlos Sainz, o segundo na folha de tempos. Charles Leclerc completou os três primeiros colocados.

Em um traçado totalmente recapeado, os pilotos dedicaram boa parte das ações ao trabalho de ‘limpeza da pista’ em busca de maior aderência, por isso a sessão foi marcada por escapadas de pistas e rodadas. A maior delas acabou sendo de Leclerc. O monegasco perdeu a Ferrari na curva 7 e bateu com força no muro nos minutos finais. A interrupção acabou atrapalhando as simulações de corrida.

Relacionadas


No fim das contas, a Ferrari foi quem mais se aproximou da Red Bull novamente. Sergio Pérez fechou em quarto, logo à frente de Fernando Alonso e de um inesperado Lando Norris. Lewis Hamilton, em um dia de altos e baixos da Mercedes, terminou em sétimo. Lance Stroll, Esteban Ocon e Alex Albon formaram o top-10.

O terceiro treino livre está marcado para o sábado, a partir das 13h30 (de Brasília, GMT-3). A classificação, que define o grid de largada em Miami, acontece às 17h. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades da Fórmula 1 em Miami AO VIVO e EM TEMPO REAL.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
▶️ Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Max Verstappen em Miami (Foto: Red Bull Content Pool)

Confira como foi o segundo treino livre do GP de Miami da F1

Os carros foram à pista de Miami sob temperaturas amenas para a segunda sessão desta sexta-feira (5). E coube a Valtteri Bottas abrir os trabalhos no circuito da Flórida. O finlandês foi seguido pelo companheiro Guanyu Zhou e os dois carros da Aston Martin. Mas não demorou para o traçado ganhar vida. Nesses primeiros minutos, a maioria optou por voltas com os pneus duros — a Pirelli escolheu a gama intermediária para a corrida americana. Ou seja, C2 (duros/brancos), C3 (médios/amarelos) e o C4 (macios/vermelhos).

O primeiro tempo competitivo foi alcançado por Max Verstappen. O líder do campeonato não encontrou dificuldades para virar 1min30s146, 0s6 melhor que o colega de Red Bull, Sergio Pérez. Pierre Gasly, Charles Leclerc e Alex Albon completavam os cinco primeiros. Instantes depois, o primeiro incidente: Kevin Magnussen rodou na entrada da apertada curva 14, mas nada demais para a Haas. Lewis Hamilton também quase perdeu a Mercedes no mesmo ponto. Importante lembrar que os organizadores recapearam o circuito para reduzir as ondulações vistas no ano passado. Por isso, a aderência foi o tema central deste primeiro dia.

Enquanto isso, Leclerc obteve uma volta limpa para registrar 1min29s497. A marca o colocou na ponta, com 0s1 de diferença para Verstappen. Carlos Sainz não foi capaz de reproduzir o desempenho do colega, mas se posicionou em quatro. A ponta logo passou para as mãos de Verstappen de novo. O bicampeão passou 0s117 melhor que o monegasco. Quase ao mesmo tempo, George Russell se meteu entre as Red Bull e Ferrari ao alcançar o quarto tempo. Neste momento, todo mundo já andava com os compostos amarelos.

Carlos Sainz foi o segundo mais rápido do dia em Miami (Foto: AFP)

Poucos segundos depois, Pérez suspirava de alívio por evitar um lento Nyck de Vries pelo caminho. “Oh, meu Deus!”, disse o mexicano no rádio. Mas não pode anular a bandeira preta e branca em seguida, por cruzar a linha da entrada dos pits. Foi nesse momento também que a liderança mudou de nome: Lando Norris colocou a McLaren na frente com 1min28s741, empurrado pelos pneus macios. O inglês foi seguido pelo parceiro de equipe, Oscar Piastri.

Enquanto isso, os mecânicos da Red Bull se debruçavam sob o carro de Verstappen nas garagens. O trabalho era para acertar também a proteção ao redor da cabeça do piloto. E logo tudo se ajustou. Max e muito outros voltaram à pista para a simulação de classificação. Portanto, todo mundo tratou de andar com os pneus macios vermelhos.

Verstappen atingiu 1min28s255 para retomar a liderança da tabela. E quem mais se aproximou do holandês foi Sainz. O espanhol da Ferrari foi apenas 0s060 mais lento e saltou para segundo, puxando Leclerc em terceiro. Pérez, Norris, Alonso, Hamilton, Lance Stroll, Esteban Ocon e Albon fechavam os dez primeiros. Max, porém, teve tempo ainda de baixar sua marca em um segundo giro, quando alcançou 1min27s930, impondo uma distância de 0s385 para o ferrarista #55.

E depois de liderar o treino livre 1, Russell se via em apuros no fim de tarde em Miami. O britânico da Mercedes aparecia apenas em 17º, com um déficit de 1s5 para os ponteiros. Lá na frente, a Red Bull iniciava a simulação de corrida, usando os pneus médios. A Ferrari, por outro lado, começou os trabalhos pensando na prova de domingo, lançando mão dos macios no carro de Sainz.

Charles Leclerc passou reto e deu de frente no muro no TL2 em Miami (Vídeo: Reprodução/F1 TV)

Quando restavam dez minutos para o fim da sessão, Leclerc escapou da pista em um desequilíbrio do carro ao entrar na curva 7 e meteu a Ferrari #16 no muro. Bandeira vermelha. A paralisação complicou a vida de quem vinha nos testes de ritmo de corrida, incluindo o próprio monegasco.

As atividades foram retomadas com dois minutos para o final, mas nada mudou o fato de que Verstappen é quem comanda as ações.

Fórmula 1 2023, GP de Miami, Treino livre 2:

1M VERSTAPPENRed Bull Honda1:27.930 18
2C SAINZFerrari1:28.315+0.38522
3C LECLERCFerrari1:28.398+0.46820
4S PÉREZRed Bull Honda1:28.419+0.48919
5F ALONSOAston Martin Mercedes1:28.660+0.73021
6L NORRISMcLaren Mercedes1:28.741+0.81120
7L HAMILTONMercedes1:28.858+0.92818
8L STROLLAston Martin Mercedes1:28.930+1.00019
9E OCONAlpine1:28.937+1.00720
10A ALBONWilliams Mercedes1:29.046+1.11621
11P GASLYAlpine1:29.098+1.16817
12K MAGNUSSENHaas Ferrari1:29.171+1.24117
13G ZHOUAlfa Romeo Ferrari1:29.181+1.25122
14V BOTTASAlfa Romeo Ferrari1:29.189+1.25921
15G RUSSELLMercedes1:29.216+1.28617
16O PIASTRIMcLaren Mercedes1:29.339+1.40920
17N HÜLKENBERGHaas Ferrari1:29.393+1.46318
18Y TSUNODAAlphaTauri Honda1:29.613+1.68320
19N DE VRIESAlphaTauri Honda1:29.928+1.99820
20L SARGEANTWilliams Mercedes1:30.038+2.10820
  Tempo 107%1:34.085+6.155 
Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.