F1

McLaren confirma Zak Brown em cargo de diretor-executivo e diz que ainda procura substituto para Dennis

A McLaren confirmou as informações que já borbulhavam na imprensa inglesa: Zak Brown agora faz parte da diretoria do McLaren Technology Group. O executivo americano passa a ser o diretor-executivo, num cargo que não existia antes no Grupo McLaren. O substituto de Ron Dennis como CEO ainda está sendo procurado
Warm Up / PEDRO HENRIQUE MARUM, do Rio de Janeiro / GABRIEL CURTY, de São Paulo
 Ron Dennis é visto pela placa da McLaren em Montreal (Foto: AFP)
 

As informações que vinham de toda a parte já entregavam, mas a McLaren confirmou na tarde desta segunda-feira (21): Zak Brown é o novo diretor-executivo do McLaren Technology Group a partir do mês de dezembro. Brown não será, como era esperado, o exato substituto de Ron Dennis - algo que os acionistas do grupo ainda procuram -, mas efetivamente é o americano quem começa a dar as cartas.
 
No comunicado divulgado para a imprensa, a McLaren sublinha que segue procurando alguém para ser o CEO, substituto real de Dennis, afastado mesmo contra a sua vontade por conta dos dois acionistas principais do grupo.
 
Assim, a McLaren bate o Liberty Media, novo dono da F1, que tinha no executivo um de seus favoritos para assumir um cargo de chefia no Mundial ao lado de Chase Carey a partir do momento em que o negócio com a CVC for concluído e o grupo de mídia passar a reinar solo na capacidade de dono da categoria.
Zak Brown é o novo diretor-executivo do Grupo McLaren (Foto: McLaren)
Segundo a McLaren, o início dos trabalhos de Brown será em "data que logo será definida no mês que vem". Junto com o diretor de operações, Jonathan Neale, Brown vai se reportar ao Comitê Executivo do McLaren Techonology Group e juntos "vão liderar juntamente o negócio como primeiro passo para a transição do grupo em uma nova e fortalecida estrutura operacional".

"Estou imensamente orgulhoso de me juntar à McLaren. Eu tenho muito respeito e admiração por tudo que conquistaram até hoje e estou ansioso para contribuir nessa fase importante de desenvolvimento. Tendo trabalhado tantos anos em colaboração estreita com a McLaren eu fiquei impressionado com o talento e ambição de todos. Estou animado para complementar os muitos pontos fortes da empresa e ajudar a guiar um futuro de sucesso em tudo que fizermos", disse Brown.

"Como fundador da JMI - hoje a maior agência de marketing do esporte a motor - eu trabalhei bem próximo da McLaren, como eu disse. Construí ótimos relacionamentos na companhia. Juntos chegamos a ótimos acordos de patrocínios incluindo a Johnnie Walker, GSK, Hilton, Lenovo, Chandon e NTT. Agora, a melhor parte é que na minha nova função eu poderei combinar minha paixão, que é o automobilismo, com a área em que sua especialista, o marketing. As duas estarão juntas", completou o executivo.

O executivo norte-americano está no mercado desde setembro, quando pediu demissão do cargo de presidente-executivo da CSM, grupo de marketing e entretenimento esportivo.
 
O Grupo McLaren, por sua vez, criou um Comitê Executivo para administrar a empresa em caráter provisório até que seja nomeado um novo diretor-executivo para substituir Dennis.