McLaren descarta colocar O’Ward em treinos livres, mas garante teste de novatos na F1

Pato O'Ward fez uma grande temporada na Indy e brigou pelo título até a última etapa. Com o bom desempenho, ganhou a chance de testar com a McLaren na Fórmula 1, mas a equipe quer que ele se concentre apenas em uma categoria

A temporada da Indy terminou, e Pato O’Ward lutou pelo título até o fim, mas acabou com o terceiro lugar, atrás de Álex Palou e Josef Newgarden. No fim deste ano, o mexicano vai ganhar como prêmio uma oportunidade de andar com a McLaren na Fórmula 1, durante os testes de jovens pilotos em Abu Dhabi. Apesar da chance dada por Zak Brown, o chefão da equipe inglesa, e dos muitos elogios, ainda há uma certa cautela com relação ao futuro do prodígio.

“Foi uma grande temporada, ele [O’Ward] é obviamente um dos pilotos mais rápidos da Indy”, disse o CEO da McLaren ao site Motorsport.

Questionado sobre a possibilidade de dar novas chances para o piloto de 22 anos em treinos livres ainda na temporada 2021 da F1, no lugar de Daniel Ricciardo ou Lando Norris, o dirigente rejeitou a ideia. A briga pelo terceiro lugar no Mundial de Construtores com a Ferrari é o motivo da decisão.

O’Ward terminou com o terceiro lugar da Indy após boa temporada (Foto: Indycar)

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

“Não vamos fazer isso. Vamos ver o que acontece em Abu Dhabi. Ele está focado na Indy e queremos que continue bem concentrado. Obviamente, os pilotos possuem a ambição de andar na Fórmula 1, mas acho que precisamos ver como vão ser as coisas no teste”, pontuou Brown.

“Como já foi dito, o melhor jeito de chegar na F1 é fazer o que o [Jacques] Villeneuve] ou o [Juan Pablo] Montoya fizeram na Indy. Então, vamos ver o que acontece”, completou ao citar dois pilotos que foram campeões nos Estados Unidos antes da mudança na carreira.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar