McLaren impressiona, se estabelece como quarta força e vive esperança de bom futuro

A McLaren chegou com bastante desconfiança para 2019 após pouco sucesso no último ano de Fernando Alonso, mas Carlos Sainz e Lando Norris trazem uma das duplas mais equilibradas do grid e a esperança de um futuro melhor em Woking

Pouca expectativa foi criada em cima da McLaren para 2019. Afinal, a troca de motores de 2017 para 2018 não surtiu o efeito esperado. Mesmo com alto investimento e as presenças do lendário Fernando Alonso e do prospecto Stoffel Vandoorne, o panorama em Woking parecia o mesmo dos anos anteriores, sem muita chance de evolução. Quase nove meses depois, o cenário é diferente, com a esperança de um futuro muito bom.
 
O primeiro grande movimento do time foi a chegada de Andreas Seidl. Ex-chefe de equipe da BMW no DTM e da Porsche no WEC. A filosofia de trabalho de Seidl, com mais calma no desenvolvimento do carro, é um dos principais fatores para a guinada que a McLaren deu até aqui. Um dos melhores trabalhos de chefe de equipe do ano.
 
Outro ponto muito importante para a evolução do time foi a saída de Fernando Alonso. O espanhol é um dos grandes de todos os tempos, mas a sua presença e o foco midiático exigiam bastante da McLaren, que não poderia entregar algo em seu nível. A presença de Alonso inclusive ajudou a derrubar Stoffel Vandoorne, um dos nomes que mais chamou atenção nas categorias de base nos últimos tempos, mas não conseguiu convencer e ainda tinha uma diferença absurda de performance para o espanhol
Lando Norris (Foto: McLaren)
Carlos Sainz, finalmente fora do poder da Red Bull e da sombra de Max Verstappen, chegou na melhor fase de sua carreira. Ele é incrivelmente rápido, vive um momento espetacular e busca alcançar coisas além da capacidade do MCL34. Definitivamente é um dos grandes nomes da Fórmula 1 em 2019. A aposta da McLaren no jovem espanhol foi um acerto gigantesco, junto de sua manutenção para 2020.
 
Lando Norris não fica muito atrás do companheiro de equipe. O jovem inglês faz um ano de estreia muito acima da média. Mostra bastante maturidade e também colabora com pontos constantes. Ainda sofre um pouco com a falta de sorte e uma certa inexperiência, normal para a idade, mas é um diamante a ser lapidado, com um potencial gigantesco.
 
"É insano. Especialmente a McLaren. Tudo lá é legal e há muitas pessoas trabalhando. Toda vez que entro lá é incrível. Já conversei com os aerodinamicistas, engenheiros e gente de todas as áreas. Sempre descubro algo a mais, algo diferente. E é claro que isso coloca uma pressão adicional ao mesmo tempo, porque todas essas pessoas confiam em mim e em Carlos (Sainz)", disse Norris em entrevista ao site norte-americano ‘Motorsport.com’.
 
Com quase o dobro de pontos da quinta colocada entre os construtores, a Toro Rosso, a McLaren cresce novamente com uma filosofia de muita calma. Sabendo traçar objetivos que podem ser alcançados, dando pequenos passos que a colocam bem à frente de qualquer outra equipe com investimentos altos e bom material humano. 
 
A McLaren soma algum pódio em 2019? É bem provável que não. A distância para as três grandes equipes ainda é grande, mas a esperança de um futuro melhor do que os recentes anos sombrios é algo para manter o time de cabeça erguida.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube