F1
06/04/2017 09:57

McLaren tenta compensar falta de potência do motor Honda e instala 'asa-T' inovadora para GP da China

A falta de potência do motor produzido pela Honda, ao menos no começo desta temporada 2017, está fazendo a McLaren apelar. Para o GP da China, por exemplo, onde irá sofrer com a reta mais longa da F1, a equipe de Woking resolveu instalar uma versão arrojada da 'asa-T'
Warm Up / Redação GP, do Rio de Janeiro
 A nova 'asa-T' da McLaren (Reprodução/Twitter)
 
As tentativas da McLaren de sair da inércia e dar um jeito no carro para não se ver completamente perdida na temporada 2017 já podem começar a ser listadas. Para o GP da China deste fim de semana, a equipe de Woking irá tentar inovar e utilizar uma versão mais agressiva da 'asa-T'.
 
Ninguém na McLaren se engana e espera um milagre para a prova em Xangai. Pista dotada da maior reta da F1, a casa da etapa chinesa do Mundial expõe a falta de potência do motor Honda, que por enquanto segue sendo o pior entre o cinco modelos utilizados na F1 - inclusive o motor de 2016 da Ferrari, que segue sendo usado pela Sauber. Assim sendo, a McLaren tenta melhorar o chassi na base da força.
 
A 'asa-T' tem uma função aerodinâmica no carro: ajudar no controle do fluxo de ar na asa traseira. O modelo que a McLaren está adotando tem como base os modelos utilizados por Mercedes, Ferrari, Williams a Haas. A ideia é que seja oval, não reta, para aumentar o ganho de downforce que pode prover. No fim das contas, ficou parecendo um cabide. Assim será, pois: a 'asa-cabide'.
O DIA EM QUE ÁTILA E VETTEL FICARAM FAZENDO 'PORROLHO' NA INGLATERRA. ASSISTA AGORA AO PADDOCK GP
Não será apenas aí que a equipe terá novidades. Fernando Alonso irá testar uma asa traseira completamente nova no sábado. Será a primeira vez que a nova asa traseira e a nova 'asa-T' se encontrarão.
A nova 'asa-T' da McLaren (Reprodução/Twitter)
A McLaren está tentando melhorar os componentes do motor Honda para salvar o ano e a parceria, que no terceiro ano de fracassos já aparece desgastado. Nos últimos dias foi revelado que a fabricante japonesa e a construtora inglesa estão trabalhando com consultoria privada - que, segundo a revista alemã 'Auto Motor und Sport' se trata da Ilmor, do veterano Mario Illien.

O GP da China, o segundo do campeonato, acontece neste fim de semana, e o GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades em Xangai AO VIVO e em TEMPO REAL.