McLaren vê “dura realidade” e admite disputa “difícil” com Ferrari em reta final da F1

Com um GP de São Paulo nada fácil para a McLaren e de melhores resultados para a Ferrari, Andreas Seidl, chefe da equipe de Woking, prevê disputa ainda mais difícil com os italianos pelo Mundial de Construtores em reta final da Fórmula 1 em 2021

Lewis Hamilton e a bandeira do Brasil (Vídeo: Reprodução/F1 TV)

A McLaren não teve vida fácil no GP de São Paulo. Além do abandono de Daniel Ricciardo por problemas técnicos e da garantia de apenas um ponto com o 10º lugar de Lando Norris, a equipe de Woking viu sua rival, a Ferrari, colocar seus dois carros na quinta e sexta posições, respectivamente. Agora, a vantagem da escuderia de Maranello é de 31,5 pontos no Mundial de Construtores, mostrando, sobretudo, um ritmo positivo e uma dupla de pilotos consistente.

Por isso, Andrea Seidl, chefe de equipe da McLaren, explica que é preciso lidar com a dura realidade. Ele admite que, se tudo seguir como o mostrado no circuito brasileiro, a briga contra os italianos não será nada fácil, mas não significa que eles não tentarão o máximo para reverter a situação.

“Temos de enfrentar a realidade”, disse Seidl, em coletiva de imprensa. “Se tudo correr bem para a Ferrari até o final da temporada, será difícil. Mas, ao mesmo tempo, enquanto for teoricamente possível, vamos lutar”, acrescentou.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

MCLAREN; GP DE SÃO PAULO; F1; FÓRMULA 1;
A McLaren está em quarto no Mundial de Construtores (Foto: McLaren)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Mas o mais importante de tudo é que precisamos voltar a aproveitar os resultados que estão em jogo. Nos últimos dois fins de semana de corrida não tínhamos o carro mais forte desta batalha que travamos. Foi impossível obter bons resultados. Foi isso que não conseguimos e temos de fazer melhor”, continuou.

Seidl também explicou os problemas que Ricciardo enfrentou: uma rachadura na instalação da unidade potência do MCL35M #3. “Tivemos uma perda de potência no caminho”, disse ele sobre o problema.

“Na investigação inicial, encontramos um problema técnico. Havia uma rachadura no lado do chassi, na instalação da unidade de potência. Precisamos investigar agora e, com sorte, podemos dar uma atualização melhor no próximo fim de semana, no Catar”, concluiu.

COMO FERRARI RENASCE PELO TERCEIRO LUGAR EM 2021? | GP às 10

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar