Melhor do ‘segundo pelotão’ no TL2, Alonso fala da mudança de hábito no Bahrein: “Foi estranho guiar à noite”

Fernando Alonso fechou o TL2 com o terceiro melhor tempo, mais de 1s mais lento que o líder Lewis Hamilton. O piloto da Ferrari destacou a importância da sessão para a adaptação às condições da pista à noite

Fernando Alonso liderou o pelotão de perseguição à Mercedes no TL2 desta sexta-feira (4), no Bahrein. O bicampeão mundial cravou 1min35s360, 1s035 mais lento que o líder da sessão, o britânico Lewis Hamilton.
 
O espanhol falou sobre as dificuldades para se acostumar às novas condições na pista do Bahrein, apontando os pneus como principal problema a ser resolvido.
 
“Depois de correr tanto aqui de dia, foi muito estranho guiar à noite, mesmo que seja uma corrida parecida com as outras noturnas. É questão de nos acostumarmos, apenas. Por este lado, o TL2 foi bastante útil para entendermos como vão funcionar os pneus”, disse.
Fernando Alonso foi o melhor do pelotão que persegue a Mercedes (Foto: Getty Images)
Alonso também falou sobre a evolução da F14 T, ressaltando que a Ferrari não pode atrapalhar a boa confiabilidade do carro, que já garantiu 24 pontos para o espanhol.
 
“Neste momento, precisamos evoluir o carro, mas não podemos deixar a confiabilidade de lado, já que foi ela que nos garantiu bons pontos nas duas primeiras corridas do ano”, falou.
 
Apesar de ainda não ter ido ao pódio em 2014, Alonso é o terceiro na classificação do Mundial de Pilotos, um ponto atrás de Hamilton e 19 atrás de Nico Rosberg. 
 A cobertura completa do GP do Bahrein no GRANDE PRÊMIO
 As imagens da sexta-feira da F1 no Bahrein
icone_TV  Automobilismo na TV: a programação do fim de semana

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube