Mercedes admite sondagens de outros pilotos, mas garante que nunca negociou com ninguém além de Hamilton

Chefe da Mercedes, Toto Wolff revelou que outros pilotos bateram a sua porta em busca de uma vaga na escuderia alemã, mas garantiu que nunca conversou com ninguém além de Lewis Hamilton

Dominante desde o início da era dos V6 turbo, a Mercedes tem duas das vagas mais disputadas do grid da F1. Com a demora de Lewis Hamilton para renovar seu vínculo com o time, outros pilotos decidiram agir e bateram a porta de Toto Wolf em busca de um acordo.
 
Às vésperas do GP da Inglaterra, o chefe da Mercedes revelou que foi procurado por alguns pilotos que buscavam o acordo de £ 95 milhões (cerca de R$ 468 milhões) de Hamilton, mas assegurou que nunca levantou uma negociação adiante. 
Toto Wolff afirmou que é mais difícil negociar com pilotos do que com agentes (Foto: Getty Images)
“Nós nunca conversamos com ninguém além de Lewis, embora tivessem muitas pessoas tentando nos abordar”, disse Wolff. “Tinha sempre uma batida na porta de alguém dizendo: ‘Podemos ter dez minutos na sala ali embaixo?’. Mas eu dizia: ‘Não’”, contou.
 
 Wolff, no entanto, não quis nomear os interessados na vaga de Hamilton, mas Fernando Alonso, por exemplo, nunca escondeu seu interesse na Mercedes.
 
“Você tem sempre que ser cuidadoso. Anna Fenninger, uma famosa esquiadora austríaca, ficou brava e ameaçou parar aos 26”, comentou Wolff. “Eles resolveram, mas isso me lembra que estrelas do esporte profissional são indivíduos muito especiais. Eles funcionam de uma maneira completamente diferente de um cara comum”, ponderou.
 
“Eles são muito sensíveis, emotivos, focados e competitivos. Tudo isso dá a eles a habilidade de serem o que são”, considerou. “É muito mais difícil discutir diretamente com um esportista. Ele é o cara que eu quero ter em um lugar perfeito, para se sentir feliz e bem. Com um agente, eu digo a ele para ir embora e voltar com termos de verdade”, explicou.
 
Com o contrato assinado, Wolff garante não temer que Hamilton se distraia pela paixão pela música e por outros interesses.
 
“Lewis está bem ciente de que o que faz melhor é correr”, resumiu.
 
Wolff, que tentou a sorte como piloto no início dos anos 90, já chegou ao topo na parte executiva do esporte, mas destacou que ainda tem sonhos por conquistar.
 
“Tem muito mais que eu quero atingir, incluindo ver Lewis se tornar campeão outra vez”, concluiu o chefe da Mercedes.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube