Mercedes aproveita atividade de novatos no circuito de Magny-Cours para testar novo duplo DRS

Aproveitando teste para novatos na França, a Mercedes está experimentando um novo duplo DRS para minar os concorrentes, que estão tentando copiar a peça para usar ainda nesta temporada

Em resposta as outras equipes que estão de olho em copiar o duplo DRS, como Lotus e McLaren, a Mercedes segue desenvolvendo o equipamento e promete um novo modelo em breve. A peça está sendo testada nesta semana, com Sam Bird, em Magny-Cours, na atividade destinada exclusivamente aos novos pilotos.

Foi a segunda vez que a equipe testou o novo DRS duplo. A primeira avaliação foi feita durante o primeiro treino livre para o GP da Bélgica e os principais dirigentes colocam a meta de usar o equipamento em Suzuka, no GP do Japão, onde as características da pista devem ajudar no desempenho do carro.

Bird focou o primeiro dia de atividades em Magny-Cours em testes no carro (Foto: Circuito de Magny-Cours/Facebook)

De acordo com Ross Brawn, chefe de equipe, muitos testes serão feitos para avaliar o uso da peça ainda nesta temporada. "Ainda há um longo caminho a percorrer. Há algumas corridas no final do ano e o novo DRS pode ser útil”, afirmou.

“O equipamento só trabalha bem em determinadas pistas e tudo é como saber usá-lo bem. Estar sincronizado com a pista e com o carro, este é o nosso desafio”, finalizou.

Focado nos testes, Sam Bird foi o último colocado entre os três carros que entraram na pista no primeiro dia do teste para novatos. Os pilotos entram na pista mais uma vez nesta quarta-feira (12) para continuação da programação.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube