Mercedes só se atrapalha e se perde em comando de equipe na F1 e até academia

É estratégia que não funciona, é programa de um só piloto… a Mercedes está completamente perdida, e o anúncio da saída de Lewis Hamilton ao final do ano só fez crescer as trapalhadas

Mais uma vez, a Mercedes se mostrou completamente perdida em uma operação de corrida. Desde a mudança de regulamento, aliás, o time não se encontra na Fórmula 1, mas a impressão que passa é que o baque do anúncio do fim do vínculo com Lewis Hamilton foi mais forte que o esperado.

Em Mônaco, a esquadra chefiada por Toto Wolff falhou mais uma vez na estratégia — algo que tem sido rotineiro. Só que as operações da Mercedes estão confusas num todo, e isso também respinga na academia, que virou o ‘programa Antonelli’ e resolveu ignorar Paul Aron, hoje líder da Fórmula 2. Luana Marino analisa, confira:

Relacionadas


Assista ao vídeo:

:seta_para_frente: Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
:seta_para_frente:Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.